Vai-se reformar do Estado? A pensão não vai sofrer cortes

É uma das novidades do dia e constitui uma alteração às proposta do Orçamento de Estado para 2011 em debate: quem está no activo, mesmo que receba mais de 1550€, não sofrerá reduções no valor da futura reforma caso venha a sair da funções pública depois do final de 2010. Ou seja, pode de facto perder uma parte do salário enquanto estiver no activo, mas no momento da pedir a reforma e se já tinha pelo menos 62,5 anos de idade e 38,5 anos de serviço em 31 de Dezembro de 2010 verá a sua pensão calculada tendo por base o vencimento de 2010, ou seja, antes dos cortes salariais que entrarão em vigor em 2011.

Mais detalhes na notícia do Público.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.