Deduções IRS 2015

Deduções IRS 2015: eis alguns artigos que temos publicado sobre o IRS 2015 e que permitem orientar melhor a despesa em termos de otimização fiscal, nomeadamente considerando as deduções e benefícios fiscais disponíveis nesta matéria.

A informação que consta nos artigos referenciados em baixo será relevante para o apuramento do imposto a pagar na declaração anual do IRS em 2016.

Sublinhamos que as alterações face a 2014 são muito significativas nesta matéria.

 

Artigos em destaque:

 

Deduções IRS 2015 

 

Guia prático para o novo IRS

 

Mais informação:

Em baixo encontra ligações sobre Deduções IRS 2015, ligações essas que procuraremos ir acrescentando e atualizando à medida que o processo orçamental evolui da fase da proposta para a fase definitiva.

A ler todos os artigo sobre o Orçamento do Estado 2015 com destaque para:

 

Entretanto desatualizados por alterações legislativas.

12 thoughts on “Deduções IRS 2015

  1. Bom dia, uma questão sobre os dependentes no IRS. Tenho um filho mas eu e o meu companheiro para todos os efeitos somos solteiros e não temos a mesma residência fiscal. Quanto às despesas de saúde do nosso filho, ambos podemos colocá-las no IRS relativo a 2014 (repartindo-as) ou apenas eu as posso colocar devido ao meu filho estar registado na minha residencia?

    Tendo em conta que é o meu companheiro e pai da criança que paga estas despesas de saúde poderá ele inclui-las no seu irs 2014, mesmo tendo em conta que o nosso filho mora comigo?

    Agradeço um esclarecimento.
    Obrigada
    Rute

    PS: no comentário anterior enganei-me no email agradeço que o apaguem e considerem este, obrigado.

  2. Temos colocado algumas questões desta natureza junto do e-balcão do Portal das Finanças. O tempo de espera nas respostas às perguntas por mail tem sido de 3 a 4 semanas (é preciso ir ao E-balcão ver se já responderam) e por telefone de alguns minutos de espera. Dito isto, a questão que coloca é muito específica e não se enquadra em nenhum dos caso para os quais temos conhecimento e possamos dar uma resposta clara (não partilham morada fiscal, não há custódia partilhada…). Por isso sugerimos que contacte diretamente as finanças. Eis o contacto genérico onde pode encontrar o nº de atendimento e a caixa de contaco por “email” interno: https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pf/html/eBalcao.html

  3. As próteses oculares serão dedutíveis como despesas de saúde na Declaração do IRS de 2016?

  4. Boa noite,

    alguém me poderia ajudar numa questão? É o seguinte durante o ano de 2013, trabalhei até março e iniciei o meu estágio profissional em setembro, e ao fazer o irs no ano de 2014, recebi de reembolso o total das retenções (penso que seja o normal). Durante o ano de 2014, continuei o estágio até setembro (eram 12 meses) e depois passei para os quadros da empresa. Fui fazer o irs deste ano e juntando as rendas da casa e saúde (não tinha ano passado) e no simulador só me deu na mesma as retenções. Os benefícios fiscais são calculados à parte? É que não percebo porque é que não estão a ser somados. Alguém me sabe esclarecer? E fui hoje ver a minha nota de liquidação e diz que só vou receber as retenções. Não percebo.

  5. Caro Nuno,

    recebe as retenções que efectuou pois na prática não paga impostos pois o valor do seu rendimento não é suficiente para pagar. No máximo, fica com a colecta a zero após a dedução das despesas que menciona pelo que recebe aquilo que adiantou ao Estado via retenção mensal. Por exemplo, se a sua colecta for 10 e tiver de deduções à colecta 15, não recebe 5. Não pode ter mais deduções que o valor da colecta. A retenção é devolvida pois não paga imposto.
    Espero ter ajudado

Comments are closed.