OE2010: Instalação de vidros duplos dedutível no IRS 2010

[wp_ad_camp_1]

A Agência Financeira avança que a instalação de vidros duplos será dedutível no IRS. Num excerto de uma cópia da proposta de Orçamento (que há hora em que se escreve este texto ainda não foi divulgada nos sítios adequados) pode ler-se que:

«A proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2010 vem proceder a um alargamento destas deduções aos equipamentos e obras que contribuam para a melhoria das condições de comportamento térmico de edifícios, de que serão exemplo a instalação de vidros duplos em habitações ou o isolamento de telhados».

No entanto, para «evitar abusos e garantir que esta despesa fiscal se distribui por número tão amplo de contribuintes quanto possível», estabelece-se a regra de que «o aproveitamento de cada uma das deduções não pode ser feito pelos contribuintes mais que uma vez por cada quatro anos».

Tagged under:

6 Comentários

  • Pingback:Economia & Finanças

  • Pingback:Adufe

  • Pingback:Gabriel Silva

  • HELENA SILVAResponder

    Boa tarde
    Trabalho em certificação energética e o meu comentário, vai para a história dos Vidros Duplos isto é: terão os contribuintes que fazer a respectiva Certificação Energética(CE), ver quais as melhorias propostas pelo perito e depois destas executadas, fazer novamente a CE para então obter o certificado correcto e fazer a dedução no IRS. E, qual será a classe que se pode deduzir em sede de IRS? Aqui nada é dito, será que aceitam a Classe B?ou somente como estava previsto a Classe A ou A+.

  • Pingback:Resumo da Proposta de Orçamento de Estado 2010 em 12 pontos | Economia & Finanças

  • PauloResponder

    Isso da certificação energética é balelas. Espero que se possa deduzir algo e isto não seja apenas especulação. Com este governo o mais certo é deduzir 5 e pagar 20. tenho dito.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.