Melhores Taxas de Juro de Depósitos a Prazo | Janeiro de 2011

Como habitualmente, procedemos à actualização da nossa página com o comparativo dos Depósitos a Prazo disponibilizados por instituições financeiras a actuar em Portugal. Entre Dezembro de 2010 e Janeiro de 2011 registaram-se poucas alterações nas taxas praticadas mas talvez pela primeira vez em vários meses tenhamos identificado uma evolução mista, ou seja, ocorreram tanto revisões das taxas de juro em alta quanto se registaram situações em que os depósitos a prazo viram as suas taxas reduzidas. Desde logo, os depósitos indexados à euribor, em particular para prazos mais curtos (em especial a 3 meses) registaram uma descida.

Na pesquisa efectuada este mês, alargámos um pouco mais a oferta coberta, atingindo agora 247 depósitos a prazo disponibilizados por 18 instituições financeiras distintas. Em baixo apresentamos um excerto. Para informação mais completa para identificar as melhores taxas de juro de depósitos a prazo mas ajustado às suas necessidades, utilize o nosso comparativo e comprove a informação junto das instituições financeiras para despistar alguma falha ou omissão.

Banco Prazo Taxa de Juro Anual Nominal Bruta (TANB) Taxa de Juro Anual Nominal Líquida (TANL) Depósito Minimo Só para novos capitais?
BIG 2 meses 5 3,925 500 Novos clientes
PrivatBank 3 meses 4,5 3,533 500 Não
Popular 3 meses 4,5 3,533 1.000 Sim
PrivatBank 1 ano 4,25 3,336 500 Não
Finantia 1 ano 4,25 3,336 50.000 Sim
PrivatBank 1 ano 4,25 3,336 500 Não
PrivatBank 1 ano 4,05 3,179 500 Não
PrivatBank 6 meses 4 3,140 500 Não
Banif 4 anos 4 3,140 500 Não
BIG 4 meses 4 3,140 500 Novos clientes
ActivoBank 1 ano 4 3,140 3.000 Não
BEST 3 meses 4 3,140 2.500 Sim
BEST 3 meses 4 3,140 2.500 Novos clientes
Finantia 6 meses 4 3,140 50.000 Sim
BES 1 ano 4 3,140 100.000 Não
PrivatBank 6 meses 4 3,140 500 Não
PrivatBank 6 meses 3,8 2,983 500 Não

Tagged under:

3 Comentários

  • BL Responder

    Grande ajuda esta séria de artigos.
    Acha que a evolução positiva das taxas de juro dos depósitos está a terminar? ou pelo menos a abrandar?

    Thanks,
    BL

  • Mapari Responder

    Ainda bem que achou útil.
    A evolução mista parece ter sido condicionada mais pela evolução de curto prazo da Euribor que, no entanto, se espera continue a subir progressivamente durante os próximos meses.
    Para já não se perspectiva desinteresse por parte da banca em cativar recursos por via de depósitos a prazo, antes pelo contrário, pelo que haverá alguma tendência latente, nos tempos mais próximos, para que haja concorrência por via das taxas de juro. Além de o Estado através da Dìvida Pública tem sido um concorrente de peso… Mas vamos ver.

  • Pingback:Taxas de juro, Taxas de IVA e apoios à contratação | Economia e Finanças

Deixar uma resposta