IRS: reembolso da segunda fase continuam muito atrasados

Quem passa pelas caixas de comentários relativas aos artigos do IRS 2012 aqui do Economia e Finanças sabe muito bem que há largas semanas temos vários concidadãos que aguardam o reembolso dos valores de IRS que o Estado cativou em excesso ao longo de 2011. E o facto é que há atraso no reembolso do IRS 2012.

O Correio da Manhã veio denunciar publicamente que existirão cerca de 300 mil contribuintes que ainda estão nessa situação, sublinhando que o pagamento de juros pelo Estado só é devido se o pagamento se realizar após o final de agosto. Num ano passámos de um prazo médio de pagamento que tinha por referência os 20 dias após a entrega da declaração para um múltiplo desse valor, em particular para os contribuintes da 2ª fase.

Segundo o diário citado, habitualmente excessivo nos seu títulos, o Estado não tem dinheiro.  Seja como for, estar meses à espera de receber algo que já poderá ter de si cativado em excesso durante um ano, em nada contribui para a boa imagem do Estado enquanto agente de bem. São pequenos detalhes que na cabeça de muitos contribuintes validam os piores comportamentos em termos fiscais. Algo que, na nossa opinião, dinamita outras ideias (como a devolução em sede de IRS de uma simbólica fração do IVA pago) com que o Estado procura dinamizar as boas práticas fiscais.

Convinha que o exemplo viesse de cima ou nada feito.

ADENDA: Já depois destas notícias, o Ministério das Finanças terá comunicado aos media que terminou hoje o pagamento dos reembolsos de IRS 2012 estando pendentes para apreciação 30 mil declarações (ver no Negócios “Finanças reembolsaram quase 2 mil milhões de euros a mais de 2,5 milhões de famílias“).

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.