Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação Setembro 2019

Cre´dito à Habitação Setembro 2019

Em meados de setembro de 2019 atualizamos o ficheiro com os Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação Setembro 2019. Destacamos que consideramos apenas os contratos de crédito à habitação com o fim de que esta seja habitação permanente, realizados por cidadãos residentes. Incluímos na análise todas as ofertas que respeitem o já referido independentemente do escalão etário. Não considerámos empréstimos onde exista uma modalidade de pagamento residual no final do contrato. Identificamos os mínimos e máximos para os spreads bem como para as TAEG, seja para contratos de taxa fixa, mista ou variável.

 

Tal como destacámos no artigo anterior, os bancos com os spreads mais baixos continuaram a ser os mesmos com o Bankinter a liderar ainda que, desta feita, com companhia. O Bankinter manteve o spread mínimo de 1% agora ex-aequo com o Santander Totta. Sublinhe-se que o Millennium BCP desceu o seu spread juntando-se a um trio de bancos que tem como spread mínimo 1,1%. Quanto à TAEG mínima continua a ser a do Banco CTT que desceu uma décima para 1,5%, seguida da do Novo Banco, também com menos uma décima do que no mês anterior (1,7%). A TAEG registou aliás uma queda em vários dos bancos, mesmo entre bancos que não alteraram o seu spread. Recorde-se que a TAEG é influenciada por vários fatores alem do spread e é a taxa mais adequada para efetuar comparações para ter uma noção mais correta do custo do crédito.

Como já sugerimos no passado, vale a pena recordar, a esse propósito, o nosso artigo “Como escolher o melhor crédito: a TAEG“. A verdade é que uma descida de spread pode ser anulada por uma subida de outros custos e vice-versa e nem todos os bancos têm a mesma estrutura de custos. Alguns têm mais comissões e os custos das ditas comissões são também diversos. A TAEG permite facilitar essa comparação colocando tudo numa base comparável.

 

Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação Setembro 2019

Na tabela que se segue apresentamos a informação juntos de vários bancos, nos respetivos preçários em vigor a 16 de setembro de 2019. Em termos globais quer os spreads quer, principalmente, a TAEG, continuam a descer o que permite concluir que o preço do dinheiro tem vindo a descer em termos globais, em linha, com a descida dos indexantes como a Euribor.

Além da tabela em baixo pode, em alternativa, descarrega o ficheiro excel com os Melhores Spreads e TAEG no Crédito à Habitação que contém esta informação e ainda as ligações para os respetivos preçários, permitindo-lhe aceder rapidamente a dados mais recentes e/ou a outras variantes de crédito que aqui não acompanhamos como sejam, o crédito à habitação para outros fins (obras, arrendamento, para deficientes, etc).

Cre´dito à Habitação Setembro 2019

Tagged under:

2 Comentários

  • Marta SerraResponder

    Que português é este?

    • Rui Cerdeira BrancoResponder

      Claramente não houve revisão de texto. Está corrigido. Obrigado.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.