OS ÚLTIMOS TRÊS ARTIGOS

Custo mínimo de conta à ordem passa para €61,8 em 2015 (Conta-base)

O ano de 2015 trará uma novidade bancária: a conta-base. Se tem várias contas à ordem em vários bancos e não tem por hábito realizar regularmente operações de levantamento de dinheiro ao balcão fique a saber que o seu custo mínimo de conta à ordem passa para €61,8 em 2015, subindo de um valor que

Alterações ao Regime do Arrendamento Urbano – 2014

Próximo do final de 2014 surgem novas Alterações ao Regime do Arrendamento Urbano. A Lei n.º 79/2014  vem alterar o regime do arrendamento urbano, alterando também partes do Código Civil e das Lei n.º 6/2006, Decreto-Lei n.º 157/2006, de 8 de agosto,  Decreto-Lei n.º 158/2006, de 8 de agosto. Os senhorios e arrendatários podem contar

Instituições Financeiras

Custo mínimo de conta à ordem passa para €61,8 em 2015 (Conta-base)

O ano de 2015 trará uma novidade bancária: a conta-base. Se tem várias contas à ordem em vários bancos e não tem por hábito realizar regularmente operações de levantamento de dinheiro ao balcão fique a saber que o seu custo mínimo de conta à ordem passa para €61,8 em 2015, subindo de um valor que

JUNTE-SE À NOSSA COMUNIDADE NO FACEBOOK

ESPECIAL ORÇAMENTO – IRS 2015

Gosta do que está a ler?
Receba um EMAIL diário com os resumos dos nossos artigos:

Recursos Humanos

Dinheiros

Custo mínimo de conta à ordem passa para €61,8 em 2015 (Conta-base)

O ano de 2015 trará uma novidade bancária: a conta-base. Se tem várias contas à ordem em vários bancos e não tem por hábito realizar regularmente operações de levantamento de dinheiro ao balcão fique a saber que o seu custo mínimo de conta à ordem passa para €61,8 em 2015, subindo de um valor que

Legislação

Alterações ao Regime do Arrendamento Urbano – 2014

Próximo do final de 2014 surgem novas Alterações ao Regime do Arrendamento Urbano. A Lei n.º 79/2014  vem alterar o regime do arrendamento urbano, alterando também partes do Código Civil e das Lei n.º 6/2006, Decreto-Lei n.º 157/2006, de 8 de agosto,  Decreto-Lei n.º 158/2006, de 8 de agosto. Os senhorios e arrendatários podem contar

Segurança Social

Página especializada da Segurança Social para Trabalhadores Independentes

Já conhece a página especializada da Segurança Social para Trabalhadores Independentes? A Segurança Social tem uma página dedicada aos Trabalhadores Independentes na qual apresenta diversa informação muito útil para que estes possam fazer a gestão da sua relação com a Segurança Social com a menor dificuldade possível. Nesta página encontra-se disponível informação sobre: Cálculo das

Política Fiscal

Ainda sobre o quociente familiar e conjugal

Ainda sobre o quociente familiar e conjugal recomendamos a leitura do texto “Sobre o quociente familiar e conjugal” De Luís Aguiar-Conraria que deixa algumas pistas de reflexão para eventuais debates futuros que permitam dar maior coerência global a todo o sistema fiscal e ao IRS em particular. Uma discussão que aguarda melhor oportunidade orçamental e

Sociedade

Alterações ao Regime do Arrendamento Urbano – 2014

Próximo do final de 2014 surgem novas Alterações ao Regime do Arrendamento Urbano. A Lei n.º 79/2014  vem alterar o regime do arrendamento urbano, alterando também partes do Código Civil e das Lei n.º 6/2006, Decreto-Lei n.º 157/2006, de 8 de agosto,  Decreto-Lei n.º 158/2006, de 8 de agosto. Os senhorios e arrendatários podem contar

Debate

Empresas

Alterações ao SIREVE, ao CIRE e ao Código das Sociedades Comerciais

Tome nota, o governo fez aprovar alterações: ao Sistema de Recuperação de Empresas por via Extrajudicial (SIREVE), ao Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas (CIRE), e ao Código das Sociedades Comerciais (CSC). O objetivo segundo o comunicado do governo é: “(…) criar um enquadramento mais favorável à recapitalização, reestruturação e renovação do tecido

Números Estatística

Opinião

Anuário Estatístico – 2013

O Anuário Estatístico – 2013 prolonga por mais um ano uma série centenária (esta é 105ª edição) dequela que é a publicação mais completa, extensa e abrangente produzida pelo INE e que permite  compreender rapidamente as tendências e características sociais, demográficas e económicas do país em cada ano. Juntamente com a publicação propriamente dita, o

Top