O fim dos duodécimos, calcular a renda de 2018 e novidades no crédito à habitação – TOP 5

Na semana em que o orçamento do estado conheceu a sua versão final (ou quase, pois há ainda uma dúvida na área da energia), o artigo com título “Pagamento de duodécimos em 2018 deixa de ser opção do trabalhador ” 127 abordou uma das novidades de última hora com impacto em vários trabalhadores. Na prática, tal como já estava previsto para os trabalhadores do Estado, os trabalhadores do privado vão deixar de ter o direito de escolher se querem ou não continuar a receber parte dos subsídios à fatia ao longo dos 12 meses do ano, os duodécimos.

O segundo artigo mais popular da semana referiu-se a uma vaga no Banco de Portugal: “Recrutamento no Banco de Portugal: supervisão prudencial e recursos humanos  69. Já no final da semana outro destaque que não chegou ao top 5 mas que continua ativo por mais uns dias “Euronext está a recrutar para IT no Porto”  9

Continuando o top 5 dos artigos mais partilhados da semana nas redes sociais (de entre os artigos escritos ao longo da semana), um utilitário sobre o qual fizemos um vídeo e publicámos também no nosso novíssimo canal no YouTube (não deixe de subscrever); referimosnos ao artigo “Como calcular o aumento das rendas para 2018”  45

Outra novidade com impacto potencial em muitas famílias, no presente e no futuro, é a redução substancial do custo com as avaliações de imóveis quando se está num processo de comparar ofertas de crédito à habitação entre vários bancos. Leia mais aqui: “Crédito à habitação: o que é a portabilidade da avaliação do imóvel” 32

Finalmente, na quinta posição um artigo que já sofreu uma reviravolta e que só conhecerá o seu desfecho definitivo na semana que hoje se inicia: Governo “enganou-se a votar”: Produção de energia renovável subsidiada NÃO passa a pagar contribuição extraordinária 25

Boa semana!

Um comentário sobre “O fim dos duodécimos, calcular a renda de 2018 e novidades no crédito à habitação – TOP 5

  1. Pingback: O fim dos duodécimos, calcular a renda de 2018 e novidades no crédito à habitação – TOP 5 | Economia

Deixar uma resposta