Recrutamento no Banco de Portugal: supervisão prudencial e recursos humanos

Está em curso um processo de recrutamento no Banco de Portugal para duas vagas, uma para a área de supervisão prudencial e outra para a área de recursos humanos. Ambas as vagas estão a concurso até 23 de novembro de 2017.

 

Recrutamento no Banco de Portugal: supervisão prudencial

Economia, Gestão, Finanças, Matemática, Informática, Estatística ou correlacionados. Para a vaga disponível para o departamento de supervisão prudencial, o Banco de Portugal está à procura de quem tenha:

  • Habilitações literárias nas áreas de Economia, Gestão ou Finanças, Matemática, Informática, Estatística ou áreas de conhecimento conexas, com licenciatura pré-Bolonha ou licenciatura pós-Bolonha com parte escolar de mestrado concluída, preferencialmente com classificação final igual ou superior a 14 valores;
  • Pós-Graduação, Mestrado ou doutoramento nas áreas de Finanças, Gestão, Matemática, Informática, Estatística ou em áreas conexas (condição preferencial);
  • Experiência profissional mínima de 3 anos no setor financeiro, designadamente em funções de gestão, de análise financeira, de análise e controlo de riscos, de planeamento e controlo de gestão, de auditoria interna ou externa ou de consultoria;
  • Conhecimentos aprofundados de operações bancárias, gestão bancária, regulação financeira, normas contabilísticas aplicáveis às instituições de crédito, sendo igualmente valorizados conhecimentos em modelos de avaliação de risco, gestão de liquidez e de capital e processos de continuidade de negócio;
  • Capacidade de iniciativa, planeamento e organização do trabalho;
  • Facilidade de comunicação, de relacionamento interpessoal e capacidade para trabalhar em equipa;
  • Elevado sentido de responsabilidade;
  • Domínio da língua inglesa (oral e escrito);
  • Conhecimentos de informática em Excel Avançado, SAS, SQL e outros sistemas de exploração de informação.

Recrutamento no Banco de Portugal supervisão prudencial

Recrutamento no Banco de Portugal: recursos humanos

Psicologia Social e das Organizações ou similar. Para a vaga disponível para o Departamento de Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos o Banco de Portugal está a procurar quem tenha:

  • Licenciatura pré-Bolonha ou licenciatura pós-Bolonha com parte escolar do mestrado concluída em Psicologia Social e das Organizações, ou em áreas conexas preferencialmente com classificação final igual ou superior a 14 valores;
  • Experiência profissional mínima de 3 anos nas áreas de recrutamento, assessment e gestão de talento;
  • Certificação em técnicas de avaliação psicológica (testes de aptidões, questionários de personalidade, exercícios de assessment) – condição preferencial;
  • Sentido de responsabilidade, capacidade de síntese e rigor na execução do trabalho;
  • Domínio da língua inglesa (oral e escrito).

O interessados deverão consultar todos os detalhes das respetivas candidaturas através da aplicação Career Oportunities disponível junto do sítio do Banco de Portugal. Será também através desta aplicação que deverá efetuar a candidatura enviado a informação pedida. Em caso de dúvida poderão pedir esclarecimentos ao Banco de Portugal através do telefone +351 213 130 500 (disponível nos dias úteis entre as 8h30 e as 18h00).

Sempre que haja novidade de recrutamento no Banco de Portugal e que sejam de nós conhecidas daremos delas aqui nota.

Um comentário sobre “Recrutamento no Banco de Portugal: supervisão prudencial e recursos humanos

  1. Pingback: O fim dos duodécimos, calcular a renda de 2018 e novidades no crédito à habitação – TOP 5 | Economia

Deixar uma resposta