Estrela e Santos vão ter Estações de Metro em 2021

As zonas da cidade de Lisboa da Estrela e Santos vão ter estações de metro em 2021, devendo os concurso para concretização das empreitadas ser lançados na segunda  metade do ano de 2018, esperando -se que as obras se iniciem em 2019.

O anúncio insere-se na divulgação pública do Plano de Desenvolvimento Operacional da Rede do Metropolitano de Lisboa.

 

Estrela e Santos vão ter Estações de Metro

Estas duas novas estações deverão ficar inseridas na atual linha amarela do metropolitano de Lisboa que liga Telheiras ao Rato com passagem no Campo Grande e no Marquês de Pombal. A nova estação terminal deixará assim de ser o Rato mas antes o Cais do Sodré com passagem pela Estrela e por Santos. A linha amarela ficará assim ligada à linha azul precisamente na Estação do Cais do Sodré. Há ainda a hipótese de, em 2021 haver um rebpatismos das linhas do metro com a linha verde a poder passar a integrar, além das atuais estações também as da linha amarela.

A Estação da Estrela deverá ficar próximo da Basílica como mesmo nome enquanto que a Estação de Santos deverá ficar junto ao edifício dos Bombeiros Sapadores de Lisboa à Avenida Dom Carlos I.

Estes são os investimento que já têm financiamento garantido e que, como tal, deverão efetivamente concretizar-se.

Além do investimento na rede, os cerca de €266 milhões de orçamento prevêem também a aquisição de 33 carruagens com custo de cerca de €50 milhões.

 

Outros alargamentos de rede carecem de fundos

Há já uma intenção pública quanto a mais investimentos considerados prioritários mas que, devido à falta de recursos financeiros, estão ainda distantes em termos de horizonte de construção.

Em concreto, o governo mostrou a intenção de prolongar a linha vermelha que atualmente liga o Aeroporto à estação de São Sebastião da Pedreira, até a Campo de Ourique com a criação de duas estações novas e com custo de €185,6 milhões. Finalmente, está também planeada uma ligação pedonal entre as Amoreiras (Praça Santa Isabel) e a estação do Rato. Esta ligação também carece de fontes de financiamento.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Deixar uma resposta