IVA 2012: Produtos que vão mudar de taxa de IVA em 2012

[wp_ad_camp_1]

Recuperamos ainda a tempo de umas últimas compras em 2011 uma pequena lista de produtos que vão mudar de taxa de IVA a partir de 1 de Janeiro de 2012:

Mudança da taxa mínima (6%) para a taxa máxima (23%):

  • Bebidas e sobremesas lácteas (o leite achocolatado mantém a taxa reduzida);
  • Refrigerantes, sumos (exceto nectares e sumos naturais), incluindo os xaropes de sumos, as bebidas concentradas de sumos e os produtos concentrados de sumos;
  • Batata fresca descascada, inteira ou cortada, pré-frita, refrigerada, congelada, seca ou desidratada, ainda que em puré ou preparada por meio de cozedura ou fritura;
  • Plantas, raízes e tubérculos medicinais no estado natural;
  • Espectáculos, provas e manifestações desportivas e outros divertimentos públicos (não inclui teatro e cinema).

Mudança da taxa intermédia (13%) para a taxa máxima (23%):

  • Conservas de carne e miudezas comestíveis;
  • Conservas de moluscos;
  • Conservas de frutos, designadamente em molhos, salmoura ou calda e suas compotas, geleias e marmeladas;
  • Café verde ou cru, torrado, em grão ou em pó e seus sucedâneos e misturas;
  • Aperitivos à base de produtos hortícolas e sementes;
  • Aperitivos ou snacks à base de estrudidos de milho e trigo, à base de milho moído e frito ou de fécula de batata, em embalagens individuais;
  • Prestação de serviços de alimentação e bebidas (restauração);
  • Óleos e margarinas (?).

Mudança da taxa mínima (6%) para a taxa intermédia (13%):

  • Águas de nascente e águas minerais, ainda que reforçadas ou adicionadas de gás carbónico;
  • Espetáculos culturais não desportivos (como Teatro e Cinema);

Mudança da taxa intermédia (13%) para a taxa mínima (6%):

  • Os óleos alimentares e as margarinas de origem animal e vegetal descem de categoria.

O IVA dos livros, do leite achocolatado e sumos naturais vai manter-se na taxa mínima.

Tagged under:

7 Comentários

  • Pingback:IVA 2011: Produtos que vão mudar de taxa de IVA com o Orçamento de Estado 2011 (act.) | Economia e Finanças

  • ArturResponder

    As comunicações á taxa reduzida?

    • MapariResponder

      Era disparate Artur. Já corrigimos. Acrescentámos entretanto uma alteração à propsota de orçamento que ainda não estava refletida, o teatro e o cinema (espetáculos culturais não desportivos) não vão passar de 6% para 23% como os restantes espetáculos. Irão para a taxa intermédia.

  • IVAResponder

    Isto está bem?


    Mudança da taxa intermédia (13%) para a taxa mínima (6%):
    ?Os óleos alimentares e as margarinas de origem animal e vegetal descem de categoria.

  • joelResponder

    Este pais continua um pais de bananas e incompetentes.
    Então já não era hora de se saber ao certo qual a lista de produtos que estava sujeitos ao agravamento do IVA para 2012.
    Não teria que ser lançada na comunicação social e nos serviços publicos como por exemplo – nos serviços de finanças – uma nota de alerta e um esclarecimento a todas as pessoas.
    será que alguém neste pais incluindo o proprio ministro das finanças sabe quis os produtos que sofrem alterações de taxa e qual a taxa respectiva.
    Será que os contribuintes vão ter que pagar pela burrice dos nossos governantes só porque querem tudo feito à pressa para encher os cofres do estado.
    Mas quem foi a cavalgadura que informou neste site que o óleo e a margarina desce de taxa.
    Coitado do tuga que procure informações tanto na net como na comunicação social como nas finanças. Cada um diz uma coisa diferente.

    Querem um conselho e emigrem todos e deixem vir para cá quem quer trabalhar.

    • MapariResponder

      Joel, tem razão ( a parte do emigrar é que não nos convence, para já). Da nossa parte só lhe podemos pedir desculpas por termos embarcado no erro sem reconfirmar a informação.
      Em todo o caso, bom 2012.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.