Salário Mínimo nos EUA aumentará cerca de 40% em 26 meses

Salário Mínimo nos EUA aumentará cerca de 40% em 26 meses. Não sou conhecedor profundo da economia americana e das suas peculiaridades. Talvez por isso vá coleccionando alguns factos que me ajudam a completar o complexo puzzle.

O último que me chamou a atenção foi a proposta que o Partido Democrata fez passar no Congresso aprovando o aumento faseado (em três etapas) do salário mínimo (horário) dos actuais $5,15 para os $7,25 (mais 40%) daqui a 26 meses.

De acordo com esta notícia da MSNBC, durante os últimos seis anos, o congresso não aprovou qualquer actualização do salário mínimo, coincidindo o período com o domínio Republicano nessa câmara, domínio que, como saberão, se alterou em favor dos Democratas no final do ano passado.

Salário Mínimo nos EUA

Além da curiosidade do inevitável paralelismo com o que foi recentemente aprovado em Portugal, perspectivando-se um aumento faseado que no total representará cerca de mais 15% até 2009 (ano em que se fixará nos 450€) ficam estas curiosidades que nos distanciam em termos formais e históricos extraídas exclusivamente da referida notícia:

– o salário mínimo é definido por hora (o que suponho não seja indiferente nas situações de trabalho a tempo parcial);

– em virtude de se tratar de uma federação há já hoje Estados com salários mínimos significativamente diferentes (todos eles superiores) ao proposto pelo governo central para daqui a 26 meses;

– a concertação social pura e simplesmente é desactivada quando os Republicanos estão no poder, havendo nesses anos perdas líquidas de poder de compra idênticas em cenário de subida de preços;

– faz parte do discurso político de ambos os partidos algum tipo de preocupação com as consequências das oscilações no salário mínimo juntos pas pequenas e médias empresas – coisa que está longe de ser transversal aos partidos com representação parlamentar na nossa pátria.

Como disse, curiosidades.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.