Taxa de inflação 2006 muito superior ao perspectivado

Taxa de inflação 2006A previsão inscrita pelo governo em meados de Outubro para o valor final da taxa de inflação 2006 foi de 2,5%. Tal como aqui se perspectivou, essa fasquia era já na altura muito inverosímil. Hoje, e apesar da evolução muito favorável dos preços dos combustíveis a nível internacional no último trimestre do ano, o INE divulga os dados finais para a taxa de variação média do índice de preços no consumidor em 2006 apresentando um valor substancialmente mais elevado.

A taxa de inflação fixou-se assim em 3,1% no final de 2006. Recorde-se como mera curiosidade que no exercício de previsão aqui publicado a 21 de Outubro perspectivamos que a inflação em 2006 se fixaria entre os 3,0% e os 3,3%.

A boa notícia é que se actualizar hoje o exercício de previsão com vista a estimar a inflação para 2007, o desvio face à previsão do governo será menor do que o então perspectivado. O governo prevê 2,1%. Se admitirmos um perfil de evolução mensal dos preços ao longo de 2007 próximo do verificado em 2006, a inflação provável fixar-se-á em torno dos 2,4%, uma diferença que me parece aceitável num exercício tão falível como aquele em que se constitui este tipo de previsão.

Um comentário sobre “Taxa de inflação 2006 muito superior ao perspectivado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.