IGCP não altera as taxas de juro dos Certificados do Tesouro para Junho 2011

Sendo certo que se sabia já que as remunerações para quem mantivesse os Certificados do Tesouro durante 5 anos ou até à maturadade (10 anos) não iriam ser revistas em alta, mantinha-se a expectativa de o juro a 1 ano pudesse vir a ser alterado, contudo, manteve-se nos 2,1% (taxa bruta). Ou seja, tudo o que … Ler mais

IGCP assume que 7,1% é o valor máximo do juro dos certificados do tesouro

O IGCP acabou de divulgar as taxas de juro aplicáveis aos três períodos de maturidade/resgate definidos nos certificados de tesouro e assumiu ainda que a taxa até às maturidades de 10 anos e de 5 anos não será mais revista em alta, seja qual for o comportamento da dívida pública no mercado, ou seja, manter-se … Ler mais

Certificados do Tesouro: simulador actualizado

Sendo certo, tal como referimos ontem (ver “Taxas de juro dos Certificados de Tesouro em vigor em Abril de 2011 (act.)“) que o Governo limitou a subida das taxas de juro para as maturidades barreira (a 5 e 10 anos) invocando a existência de um mercado idsfuncional, também é certo que a remuneração a pagar … Ler mais

Taxas de juro dos Certificados de Tesouro em vigor em Abril de 2011

Foram conhecidos há pouco as taxas de juro aplicáveis às várias maturidades-barreira (5 e 10 anos) dos Certificados do Tesouro que venham a ser subscritos em Abril de 2011. Face a Março apenas se regista uma revisão em alta  para o prazo mais curto, ou seja, a remuneração anual que será paga a quem resgatar os … Ler mais

Simulador de Certificados do Tesouro actualizado com dados de Março de 2011

Já actualizámos, como habitualmente, o nosso simulador de cálculo para os Certificados do Tesouro com as taxas de juro a praticar para os vários prazos no próximo mês de Março de 2011. Poderá descarregá-lo para o seu computador clicando nesta ligação:  simulador de cálculo para os Certificados do Tesouro. Recorde-se que as taxas foram revistas em … Ler mais

Certificados do Tesouro atingem os 7,1% a 10 anos

O IGCP divulgou há pouco a remuneração dos Certificados do Tesouro para vários prazos, aplicáveis às subscrições a realizar em Março de 2011. Note-se que quem subscreveu os Certificados do Tesouro há seis meses (e já os pode resgatar) poderá ver vantagem (particularmente se conta manter aplicação durante pelo menos 5 anos) em proceder ao resgate … Ler mais

Certificados do Tesouro: resgatar e voltar a subscrever compensa!

O Negócios fez as contas e nós não encontrámos erro no raciocínio: quem tem certificados do tesouro há pelo menos seis meses (o tempo mínimo após o qual poderá movimentar livremente o seu dinheiro) deve considerar seriamente resgatar o investimento e subscrevê-lo novamente às taxas correntes. Esta vantagem foi provocada pela rápida subida das taxas … Ler mais

Certificados de Tesouro passam a pagar 6,65% em Fevereiro 2011

O IGCP acaba de divulgar as taxas de juro aplicáveis a susbscrições de Certificados do Tesouro a partir de 1 de Fevereiro de 2011. Do comunicado que a seguir se reproduz , constata-se que as rentabilidades subir para os três períodos de subscrição-fronteira definidos: 1 ano, 5 anos e 10 anos (resgate obrigatório no 10º … Ler mais