Taxas de juro dos Certificados de Tesouro em vigor em Abril de 2011

Foram conhecidos há pouco as taxas de juro aplicáveis às várias maturidades-barreira (5 e 10 anos) dos Certificados do Tesouro que venham a ser subscritos em Abril de 2011. Face a Março apenas se regista uma revisão em alta  para o prazo mais curto, ou seja, a remuneração anual que será paga a quem resgatar os Certificados do Tesouro antes de cumprirem 5 anos. Ou seja, este mês as taxas de remuneração não reflectirão o que se passou ao nível do mercado da dívida pública (onde, por exemplo, as emissões a 5 anos têm vindo consistentemente a exigir uma remuneração superior às de 10 anos ).

Esta será provavelmente uma medida em linha com as necessárias alterações a esta forma de emissão de dívida a que aqui aludimos, neste artigo de opinião: “O fim dos certificados do tesouro pode estar próximo?“. Entretanto o IGCP justifica-se nesta nota (clique para ler).

Em breve disponibilizaremos a versão actualizada do nosso simulador de Certificados do Tesouro. Para já eis o extracto do comunicado do IGCP:

Para as subscrições de certificados do Tesouro em Abril de 2011 a:

Taxa ilíquida dos juros distribuídos anualmente do 1.º ao 5.º ano – 1,95%;
Taxa ilíquida de juro anual garantida para uma aplicação a 5 anos – 6,80%;
Taxa ilíquida de juro anual garantida para uma aplicação a 10 anos – 7,10%.

Tagged under:

1 Comentar...

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.