IGCP não altera as taxas de juro dos Certificados do Tesouro para Junho 2011

Sendo certo que se sabia já que as remunerações para quem mantivesse os Certificados do Tesouro durante 5 anos ou até à maturadade (10 anos) não iriam ser revistas em alta, mantinha-se a expectativa de o juro a 1 ano pudesse vir a ser alterado, contudo, manteve-se nos 2,1% (taxa bruta). Ou seja, tudo o que escrevemos há um mês mantêm-se actual: “IGCP assume que 7,1% é o valor máximo do juro dos certificados do tesouro“.

 Eis o comunicado do IGCP.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.