Conheça a dimensão máxima de cada turma no ano letivo de 2018/2019

O governo, após negociação com o Parlamento e, em especial, com os partidos de esquerda, definiu um novo conjunto de limites máximos para a dimensão de cada turma no ano letivo de 2018/2019 e para cada nível de ensino.

A expectativa é de que, em anos futuros, este processo prossiga, patrocinado pelo conhecimento científico que revelou que o aproveitamento escolar dos alunos está diretamente relacionado com a dimensão das turmas: turmas menores tendem a ter menos alunos com mau aproveitamento escolar.

Em suma, mais investimento na capacitação das escolas para terem turmas mais pequenas acaba por gerar menos repetentes e melhores alunos.

 

Dimensão máxima de cada turma no ano letivo de 2018/2019

No 1º, 2º 3º e 4º ano, ou seja, no primeiro ciclo do ensino básico, a dimensão máxima das turmas passará a ser de 24 alunos. O limite até aqui era de 26 alunos.

No 5º, 6º, 7º, 8º e 9º ano, ou seja, no segundo e terceiro ciclo do ensino básico, o limite para a dimensão da turma passa para 28 alunos quando era de 30 alunos até aqui.

 

Estes limites já foram submetidos a uma fase piloto no ano letivo de 2017/2018 sendo agora alargados a toda a comunidade escolar, em Portugal. Eram também estes os limites utilizados antes de 2013. A restrição financeira também estará a pesar na velocidade a que este processo vai evoluindo no tempo.

 

Veja mais artigos sobre educação como estes:

Deixar uma resposta