Consumidor Final estará a puxar pelas vendas de automóveis, atividade produtiva nem tanto

Até março de 2018, inclusive, o crescimento das vendas de veículos automóveis face ao mesmo período do ano anterior havia-se fixado no 4,7%, contudo, o crescimento da venda de automóveis em abril mais do que duplicou a média do primeiro trimestre. De facto, como se pode ver na tabela resumo das vendas de veículos automóveis divulgada pela ACAP, o crescimento homólogo em abril foi de 11,3%.

Este valor médio oculta duas realidades distintas, por um lado incorpora uma queda das vendas de veículos ligeiros e mercadorias que se aprofundou em abril e, por outro, engloba os crescimentos em todas as outras classes de veículos. Entre estas últimas, os maiores destaque vão para as vendas de ligeiros de passageiros que aumentaram 13,8% em termos homólogos, no mês de abril e as vendas de veículos pesados de passageiros que venderam mais 10 unidades que em igual mês de 2017, o que se revelou suficiente para as vendas terem crescido 38,5%.

Face aos meses já decorridos de 2018, o mês de abril revelou-se assim mais equilibrado em termos de evolução das vendas entre as várias classes de veículos, apesar do agravamento da queda entre os ligeiros de mercadorias.

 

Janeiro a abril de 2018 – consumidor final estará a puxar pelas vendas de automóveis

A menos que as vendas de ligeiros de passageiros – que representam a esmagadora fatia de veículos vendidos – esteja a ser dinamizada pelo setor do serviços, nomeadamente para rent-a-car associado à atividade turística, com a queda das vendas de comerciais ligeiros, com a queda (nos primeiros quatro meses do ano) das vendas de pesados de passageiros e com as vendas praticamente estagnadas nos pesados de mercadorias, o sinal que se deduz destas estatísticas é que não serão as necessidades de aumentar a capacidade produtiva dos vários setores que estarão ao promover as vendas de veículos em 2018, mas antes o consumidor final.

A probabilidade de os veículos de transporte em venda estarem a entrar no ciclo produtivo e contribuir para gerar valor é assim menor do que em anos anteriores e, como tal, potencialmente menos saudável em termos económicos.

Este sinal por si só é insuficiente para extrair grandes conclusões mas é relevante para confrontar com outros indicadores da atividade económica.

 

Abril   Janeiro a Abril
2018   2017   %Var   2018   2017   %Var
Ligeiros Passageiros 21 430 18 830 13,8%   84 659 78 699 7,6%
Ligeiros Mercadorias 3 003 3 121 -3,8%   11 653 11 790 -1,2%
Total de Ligeiros   24 433   21 951 11,3%   96 312   90 489 6,4%
Total Pesados   402   362 11,0%   1 661   1 631 1,8%
Pesados Mercadorias   366 336 8,9% 1 483 1 443 2,8%
Pesados Passageiros   36 26 38,5% 178 188 -5,3%
Total do Mercado   24 835   22 313 11,3%   97 973   92 120 6,4%

 

Pode-lhe interessar:

Sabe como encontrar o proprietário de um automóvel só tendo a matrícula

Veja aqui mais informação sobre a venda de automóveis em Portugal.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.