Aumento da renda em 2018, o rating e o custo da dívida (TOP 5)

O aumento da renda em 2018, o rating e o custo da dívida foram os temas que ocuparam o top 3 dos artigos mais partilhados pelos nossos leitores na quinzena que terminou a 23 de setembro de 2017.

De facto, soube-se no décimo dia última de setembro qual será o coeficiente que se poderá aplicar para proceder à atualização das rendas a partir de 1 de janeiro de 2018 nas situações em que seja aplicável. O aumento é relativamente pequeno mas é o maior em muitos anos como poderá constatar lendo o artigo “Em quanto vão aumentar as rendas em 2018 (oficial)? “.

Na segunda posição, surge uma análise que efetuamos imediatamente após ser notícia que uma das três principais agências de rating do mundo melhorou a avaliação da dívida pública portuguesa o suficiente para a classificar como sendo digna de investimento. Pode recordar as nossas considerações em “O Rating subiu. E agora? “.

Na terceira posição em termos de n«umero de partilhas surge o artigo que analisou o primeiro impacto da subida de rating. A evolução registada na primeira segunda-feira após a notícia veio a consolidar-se ao longo da semana com Portugal a conseguir renovar crédito de curto prazo no mercado a taxa mais baixa de sempre. Pode ler a análise em “Custo da dívida pública com queda expressiva em todos os prazos “.

Não menos interessantes, destacamos na quarta posição surgiu o artigo “Manuais escolares gratuitos até ao 6º ano em 2018/2019 e na quinta uma compilação com a “Distribuição de receitas pelos clubes na Liga dos Campeões“.

Obrigado pela preferência e boa semana!

Deixar uma resposta