Contactos da Segurança Social – Horários alargados

Quais os Contactos da Segurança Social? A Segurança Social tem os seus contactos dispersos pelo seu sítio. Aqui procuramos apresentá-los num único artigo. Este artigo foi atualizado em janeiro de 2018 com os novos horários de atendimento telefónico.

 

Contactos da Segurança Social

O contacto telefónico da Segurança Social que deve ser usado preferencialmente é o da Linha Segurança Social (disponível em qualquer ponto do país), ou seja, o 300 502 502. Este número está disponível nos dias úteis entre as 9h e as 18h e é um número cujo custo corresponde a uma chamada local.

Se está a tentar contactar do estrangeiro deverá recorrer ao +351 210 495 280 que também está disponível no mesmo horário (horário de Portugal continental).

 

Serviços com marcação prévia

Para conhecer as moradas e contactos de serviços locais da Segurança Social, o ideal é aceder à plataforma construída para o efeito que suporta informação referenciada geograficamente com a sinalização dos serviços locais da Segurança Social  (clique aqui).

Note que para poder aceder a alguns serviços é necessário recorrer o atendimento por marcação prévia.

Está disponível no sítio da segurança social a lista de serviços por atendimento de acordo com a região do país.

A marcação pode fazer-se pela marcação on-line sendo necessário disponível e indicar Número de Identificação da Segurança Social e a senha de acesso ao Segurança Social Direta.

 

Processo de Execução Fiscal

Por outro lado, especificação para as situações de relativas ao processo de execução fiscal o número de contacto é 300 036 036 (9h às 18h). Seguindo as instruções também pode efetuar marcação para ser atendido presencialmente.

 

Linha Nacional de Emergência Social

Finalmente, em situação de emergência social, a Segurança Social costuma ativar o número de emergência: 144 – Linha Nacional de Emergência Social.

Tagged under:

20 Comentários

  • MiguelResponder

    Já desde o início da semana que estou a tentar ligar para o 808266266 e é escusado, chama chama mas ninguém atende, o que é no mínimo estranho dado tratar-se de atendimento automático, pelo menos até à 2 semanas era.

  • Rodrigo Pinto de Matos Brites AfonsoResponder

    Gostava de saber se podia ter apoio da segurança social mesmo sendo doente mental

  • Ana OliveiraResponder

    Mudaram o número para o 300502502 e nunca ninguém atende ligo todo o dia e ninguém atende mudarão para bem pior infelizmente

  • Alberto GuimarãesResponder

    Alberto Guimarães 25/08/2015
    Tenho por diversas vezes ligado para o nº 300502502 e nunca, mas nunca obtive um atendimento, também tenho ligado para o nº 300521463 Gondomar que por sua vez me volta a dizer para ligar para o nº anterior, por incrível que pareça. Eu como trabalhador e a fazer descontos a mais de trinta e cinco anos, lamento o fato de estes serviços não funcionarem devidamente. Assim sendo vou ter que me ausentar do meu posto de trabalho para poder esclarecer o assunto junto dos V. balcões…
    É LAMENTÁVEL…

  • Jorge SantosResponder

    uma semana a ligar para o 300036036 e ninguém atende…VERGONHA de serviço que prestam aos utentes.. entretanto os prazos passam e não podemos ser esclarecidos atempadamente….

  • VeraResponder

    Levo telefonando para seg social 300502502 e nada ninguem atende .

  • luis gomesResponder

    isto e uma vergonha já há um mês que ando a ligar para a segurança social para o numero 300502502 sem resposta

  • Paulo FerreiraResponder

    Preciso enviar um email para a CDSS Évora e não consigo encontrar em site algum. Será possível? Apenas consigo saber o n.º de telefone e fax. Nos dias de hoje, o email é importante, mas de facto não encontro. É lamentável.

  • Fernando NevesResponder

    mais grave que ligar para o número 300502502 é atenderem, uma máquina diz que vai passar para um assistente, fico sensivelmente 10 minutos a ouvir ditos de uma máquina e findos esses 10 minutos a dita máquina diz que já não é possivel falar com o assistente, para tentar mais tarde e desliga!!! NÃO PODEMOS QUEIXAR-NOS DE NINGUÉM! VERGONHOSO, apetece rebentar com tudo. ficaram de me enviar um documento para apresentar na escola do meu filho e sinto-me incapaz, tristeza de país. exigem que nós não falhemos e estas instituições só nos roubam!

  • Fernando NevesResponder

    Vergonha. esse número 300502502 não existe, é ficticio, só serve para nos roubar dinheiro

  • ana francoResponder

    Inacreditavel ninguem atende o n. 300502502 é o pais que temos

  • José António de SousaResponder

    Fiz o meu pedido de reforma em 29 de março de 2016.Já estamos quase em dezembro e nada.Porque falta informatizar 3 anos, de descontos dão-se ao luxo de não pedir essa informação a Viseu e não me calculam a reforma,Esta gente pensa que eu vivo do ar que respiro,Mas se eu tenho obrigações é certo´que também tenho direitos. E estamos nós na era informática.Cambada de mentirosos e incompetentes,porque só me têm andado a mentir .Penso que isto vai ser resolvido judicialmente
    NISS 11150986317

  • Ana Bela FreireResponder

    Estou cansada de ligar para esse bendito Nº 300502502 e nunca se consegue falar com ninguém, isto parece mesmo
    a gozarem com o povinho, melhor dizer não há Nº para a Seg. Social.
    Tenho um filho com Trissomia 21, que já fez 24 anos pedi a pensão de Invalidez, chamaram logo para uma junta médica,
    depois veio uma carta a dizer que não tinha direito ao Abono, pediram de volta 2 meses que lhe pagaram a miséria que é, agora
    vem outra a mencionar ” O Regime Não Contributivo vejam só, e Complemento por Dependência, estes esclarecimentos foram todos juntos com o pedido da pensão por Invalidez, eu mãe não sei sinceramente o que pretendem mais para pagarem a mísera quantia que pagam, decerto depois os cofres ficam mais pobres, isto estou a falar se de uma criança deficiente. Agora o meu assunto, esgotei o Subs. de Desemprego e o Social, meti os papeis e dizem me que tenho que aguardar 4 a 5 meses, quer dizer o meu filho com estes impasses, eu sem receber durante este período, vamos sobreviver de quê ? Pergunto ao Sr. Ministro da Seg. Social se me dá autorização para ir roubar? Ainda dizem que agora está tudo melhor, não vejo onde só se for sempre para os mesmos. Agradecia que me respondessem por uma questão de educação

  • MarsiaResponder

    Olá boa tarde, estou a part time a 6 meses e agora não me renovaram nunca trabalhei este foi primeiro emprego tenho direito fundo de desemprego? Obrigada

  • Pingback:144 - Linha Nacional de Emergência Social - Economia e Finanças

  • Pingback:Farto de filas na Segurança Social? Telefone a marcar hora. - Economia e Finanças

  • Augusto AlvesResponder

    O número 300 502 502 é ficção científica.
    Levei manhãs inteiras a tentar ligar para esse número e nunca obtive qualquer resultado, ninguém me atendeu.
    Isto aconteceu em Setembro de 2017.
    Tive que acabar por enviar uma carta registada e com aviso de recepção.
    Pretendia eu informações acerca dos meses de Outubro, Novembro e Dezembro de 2017.
    E não é que recebo uma resposta – por e-mail – no dia 02 de Janeiro de 2018 a informar-me que irei receber uma carta postal a responder às minhas questões?
    Respondi a este e-mail de acordo com a minha análise e só não lhes chamei “pai” e “mãe” porque tive vergonha de os tratar por termos tão carinhosos…

  • maria do carmo silva 141638761Responder

    Impressionante !!! O atendimento via telefone,pode dizer-se que é escusado tentar!!.. O atendimento pessoal é uns caus! Eu Fui directo a Aveiro para averiguar uma falta de correio por parte da Instituição,para mim!. Depois de diligências que fiz para me atenderem,entre hesitações e respostas que recebi pouco ou nada coerentes fui atendido por uma senhora,com muito má vontade!..,Vim-me embora sem conseguir uma resposta concreta para o meu problema! Estavam lá pessoas a apresentar problemas do género do meu,algumas pela terceira vez,incluindo uma senhora de 80 anos! Ninguém poderá fazer nada para que tenhamos o atendimento que necessitamos,serviço que nós próprio pagamos?!!!…

  • Augusto AlvesResponder

    Eu já enviei um e-mail e três cartas/insistências à diretora do CNP e apronto-me para enviar a quarta carta.
    Escrevi, na anterior, que vou continuar a insistir até que os dedos me doam de tanto teclar, e fiz apelo ao Código do Procedimento Administrativo que obriga os contatados a darem uma resposta aos cidadãos nos dez dias subsequentes.
    Soube, entretanto, que neste país, ninguém respeita ou sabe o que é o CPA!
    Nem a Provedoria de Justiça me responde!
    Se eu for para tribunal, tenho que pagar as custas judiciais.
    E se eu tiver razão diante de um Juiz?
    Devolvem-me o dinheiro das custas judiciais?
    E andei eu a descontar para essa coisa fantasma durante cerca de 42 anos!
    Que país, meu Deus!
    Na Dinamarca, onde vivi alguns anos, a própria Ministra dos Negócios Estrangeiros, no gabinete dela, resolveu-me um problema burocrático em cerca de 10 minutos… e de um dia para o outro!
    Democracia… por onde andas, minha querida filha?

  • Luis LopesResponder

    Havia um slogan antigo que era: Não vá telefone, presentemente volta a ser o contrário, NÃO TELEFONE, VÁ.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.