PIB surpreende pela negativa e entra em colapso no final de 2011

[wp_ad_camp_1]

No 4º trimestre de 2011 o PIB português caiu 2,7% face ao mesmo trimestre do ano anterior culminando assim uma descida continuada e em aceleração. Eis as variações homólogas do 1º, 2º, 3º e 4º trimestres de 2011: -0.7%, -0,9%, -1,7% e -2,7% respetivamente. A expectativa para 2012 não é, de todo, animadora.

Na globalidade do ano o PIB caiu 1,5%.

Eis um excerto do destaque do INE onde se divulgou esta informação:

” (…) A redução mais acentuada do PIB no 4º trimestre de 2011 traduziu um significativo agravamento do contributo negativo da Procura Interna, associado particularmente às diminuições mais expressivas do Investimento e das Despesas de Consumo final das Famílias. O contributo positivo da Procura Externa Líquida aumentou, em resultado sobretudo da acentuada diminuição das Importações de Bens e Serviços. As Exportações de Bens e Serviços, embora desacelerando, mantiveram um crescimento homólogo elevado.
No conjunto do ano de 2011, o PIB diminuiu 1,5% em volume. (…)”

 

Tagged under:

Deixar uma resposta