Vitor Bento – a crise do euro não é um problema de finanças públicas

Recomendamos vivamente aos nossos leitores um ensaio muito informativo e formativo de Vitor Bento, publicado no Observador que é particularmente significativo, não pela novidade dos argumentos (que andam há muito a ser apresentados por alguns políticos e economistas nacionais e internacionais), mas por vê-los perfilhados por uma figura insuspeita de ser um radical, em termos … Ler mais

O que terá de acontecer para que a nossa dívida seja sustentável?

Dívida sustentável? O economista Ricardo Paes Mamede publicou ontem um artigo intitulado “Ir aos mercados para ganhar eleições” no qual expõe o cenário esperado pelo FMI para que a dívida pública portuguesa seja sustentável e o confronta com a mais recente informação e análise económica. Vale a pena ler para melhor perceber a alternativa, ou … Ler mais

Dívida soberana da periferia europeia com juros em mínimos de vários anos

Dívida soberana da periferia europeia: a dívida soberana irlandesa a cinco anos está hoje a negociar em mercado secundário a taxas de juro inferiores (abaixo dos 2%) às exigidas à dívida soberana do Reino Unido e dos Estados Unidos da América. Simultaneamente, a taxa de juro da dívida pública portuguesa a 10 anos desce de … Ler mais

Obrigações: CMVM determina que Intermediários financeiros vão ter de prestar mais informação

A CMVM determina que Intermediários financeiros vão ter de prestar mais informação. Segundo lemos no Negócios, a CMVM, consciente que a popularidade recente das emissões obrigacionistas está a cativar um número muito expressivo de investidores não qualificados, enviou um ofício-circular a todos os intermediários financeiros obrigando-os a prestar mas informação. Em particular, destaca-se a obrigação de … Ler mais

Obrigações: qual a diferença entre a taxa de juro e a yield?

[wp_ad_camp_1] Uma obrigação é um título de dívida que é emitido por quem quer pedir dinheiro emprestado (pode ser uma empresa, um Estado) dispondo-se ou obrigando-se a remunerar com um juro o valor que lhe emprestem. Geralmente, os investidores em obrigações são instituições que poderão depois vender em retalho (nos balcões dos bancos, por exemplo) os … Ler mais

Será que o empréstimo à banca espanhola é mesmo mais favorável?

[wp_ad_camp_1] Temos alguma dificuldade em responder à pergunta do título. A reação irlandesa (a exigir igual tratamento) e de alguma oposição em Portugal (nomeadamente do PS), assim como os próprios anúncios do governo espanhol, parecem indiciar que sim, que o empréstimo de até 100 mil milhões de euros à banca espanhola (cerca de 8 vezes … Ler mais

O neoliberalismo enquanto balão de água (Um outro olhar sobre a situação atual)

Via Paulo Querido chegámos a uma interpretação muito gráfica do neoliberalismo segundo Tim McCaskell, um ativista canadiano. Segue-se uma aula, de cerca de 12 minutos, na qual uma rede, um estrado, um balão, algumas cordas e uma bomba de ar desempenham um papel crucial. Neoliberalism As Water Balloon from Tim McCaskell on Vimeo.   

Paul de Grauwe: “Portugal é um país honesto, apesar de ter muitos problemas.”

A ler “Paul de Grauwe: “Os portugueses é que estão a pagar aos alemães”” Eis o lead que apresenta a entrevista ao Dinheiro Vivo: “Paul de Grauwe tem uma visão diferente da crise da zona euro. São os contribuintes portugueses que estão a dar dinheiro aos alemães e não o contrário. Professor de Economia Internacional da Universidade … Ler mais