Os irredutíveis lusos na grande distribuição

Não resisto a transcrever o primeiro parágrafo do editorial de hoje de Pedro Santos Guerreiro no Jornal de Negócios.

"A Carrefour é quem manda na distribuição mundial, excepto Estados Unidos, imperando na América Latina e em toda a Europa. Toda? Não. Um país habitado pelas irredutíveis Sonae Distribuição e Jerónimo Martins resiste ainda e sempre ao invasor. As duas companhias estão fortes e em expansão. Esse reconhecimento é devido pelos accionistas a Belmiro de Azevedo e a Soares dos Santos: são sobreviventes da, e na, globalização. (…)"

E já agora, espreitem o texto na íntegra. O último parágrafo é também muito pop. À Jordão. 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.