Conheça a carta de compromisso do governo grego enviada ao eurogrupo

O correspondente da Reuters na Alemanha divulgou Matthias Sobolewski divulgou a carta de compromisso do governo grego enviada ao eurogrupo. Ei-la: Greek finance minister’s letter to the Eurogroup BERLIN, Feb 24 (Reuters) – Following is the text of Greek Finance Minister Yanis Varoufakis’s letter to Eurogroup President Jeroen Dijsselbloem outlining Greece’s proposed reforms. Dear President … Ler mais

Juros da dívida pública portuguesa em mínimos históricos depois das eleições gregas

Os juros implícitos da dívida pública portuguesa apurados pela transação de dívida pública a 10 anos que se está a negociar no mercado entre detentores destes títulos (mercado secundário) revela hoje uma queda acentuada. No momento em que escrevíamos, a yield (o referido juro implícito) descia 4,75% para uma taxa de 2,105%. Este é o … Ler mais

Rui Peres Jorge: "Porque devemos debater reestruturações"

Num artigo de opinião no Negócios, o jornalista Rui Peres Jorge que vem acompanhando a política económica nacional e europeia há vários anos (em particular de uma perspetiva macroeconómica), enuncia um conjunto de factos que sustentam a utilidade de se discutir a reestruturação da dívida, balizando essa discussão como algo que nos deve guiar entre … Ler mais

Cuidado! Há outra “alternativa” que está a surgir entre os credores europeus

Crise

A jornalista Eva Gaspar, do Negócios, hoje pega num tema que já aqui abordámos no artigo “Bundesbank: e se usássemos os depósitos a prazo para pagar a dívida pública?” e que, de certa forma pode ser uma sequência ao artigo ontem aqui publicado “O FMI e a mosca sem asas com problemas de audição” No … Ler mais

O FMI e a mosca sem asas com problemas de audição

Talvez já conheça a anedota do investigador que fazia uma tese sobre a mosca da fruta.  Estudava-lhe os sentidos e submetia-a a experiências. Capturada uma mosca e pediu-lhe que voasse. Ela voou. Na fase dois da experiência arrancou-lhe uma asa e pediu-lhe que voasse. E ela, a custo, voou. Na última fase arrancou-lhe a asa … Ler mais

A diferença entre estancar a hemorragia e a alta do doente

A ler “Portugal, um sucesso à força” de Rui Peres Jorge, no Negócios. Um excerto: “(…) A dívida pública está próxima dos 130% do PIB desafiando os limites da sustentabilidade no contexto de uma economia estagnada, com desemprego de país em desenvolvimento – onde por isso o défice externo corrigiu, mas o orçamental persiste. Os juros … Ler mais

O novo "Ir além da Troika" em versão germânica (Opinião)

OPINIÃO: A propósito desta novidade de ontem que tem potencial para ser mais um momento histórico na história da Europa  – ver “Bundesbank: e se usássemos os depósitos a prazo para pagar a dívida pública?”  é caso para dizer que este processo de ajustamento está a correr tão bem que o Bundesbank, patrocinador afincado da política … Ler mais

Sul da Europa: o que falta fazer

Sul da Europa: “Quando se tem uma sociedade que não tem perspetivas de emprego, ou se promove o desenvolvimento no sul do Mediterrâneo e se encontram meios para os trazer para um nível aceitável de consumo e de desenvolvimento que interrompa a pressão sobre a Europa ou, então, a Europa vai ter sempre muitas dificuldades … Ler mais