CMVM está a recrutar informático para gestão de infraestruturas – julho 2024

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) está a recrutar um técnico/a de gestão de infraestruturas. Os interessados já devem ter alguma experiência (3 a 5 anos) em funções equiparáveis e devem possuir uma licenciatura numa das seguintes áreas: Engenharia Informática e de Computadores, Engenharia de Telecomunicações e Informática ou similares. Também devem ter experiência na definição e implementação de arquiteturas infraestruturais.

As candidaturas são exclusivamente online e o concurso decorre até ao final do dia 23 de julho de 2024. Mais detalhes em baixo, extraídos do sítio da CMVM.

Aproveite para passar pela página da CMVM e verifique se há mais vagas disponíveis. Aquando da prepração deste artigo encontrámos uma outra vaga para juristas, por exemplo.

Boa sorte!

 

 

TÉCNICO/A DE GESTÃO DE INFRAESTRUTURAS 

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários está a recrutar Técnico/a de Gestão de Infraestruturas para o Departamento de Informação e Tecnologia (DIT).

 

PRINCIPAIS RESPONSABILIDADES

  • Administração de sistemas Microsoft;
  • Administração de servidores Linux;
  • Administração de plataformas Cloud (Azure);
  • Administração de Domínio (Active Directory);
  • Gestão de Datacenters (Servidores, Storage e virtualização);
  • Gestão de Workplace;
  • Participação em projetos de cariz tecnológico, com responsabilidades nas vertentes de gestão de infraestruturas.

PROPORCIONAMOS

  • A possibilidade de trabalhar numa entidade de referência, num ambiente de trabalho estimulante, em constante inovação e com elevada exposição internacional;
  • Condições remuneratórias compatíveis com a experiência profissional evidenciada e a responsabilidade da função a desempenhar, tendo em conta critérios de equidade interna;
  • Regime de trabalho híbrido.

A CMVM é um empregador com Certificação do Sistema de Gestão da Conciliação entre a Vida Profissional, Familiar e Pessoal, com base na norma portuguesa NP NP 4552:2022.

 

REQUISITOS DE ADMISSÃO E QUALIFICAÇÕES

  1. Constituem requisitos de admissão a detenção das seguintes habilitações, experiências profissionais e conhecimentos técnicos:
    1. Licenciatura nas áreas de Engenharia Informática e de Computadores, Engenharia de Telecomunicações e Informática ou similares;
    2. Experiência profissional de 3 a 5 anos nas funções designadas;
    3. Experiência na definição e implementação de arquiteturas infraestruturais.

 

  1. Ao nível das competências o candidato deve revelar:
    1. Excelente capacidade de comunicação, análise crítica e argumentação oral e escrita;
    2. Proatividade, elevada capacidade analítica e de resolução de problemas;
    3. Elevada capacidade de organização e planeamento do trabalho;
    4. Capacidade de trabalho em contexto de prazos exigentes;
    5. Disponibilidade para integração em equipa multidisciplinar;
    6. Domínio da língua inglesa (fluência a nível oral e escrito).

 

  1. Condições preferenciais, a serem valoradas em termos relativos no conjunto de aptidões requeridas:
    1. Conhecimentos sobre protocolos de comunicação de rede (TCP/IP);
    2. Experiência em ferramentas de Monitorização de Sistemas e Redes (Microsoft System Center);
    3. Experiência em sistemas distribuídos Microsoft (Sistema Operativo, Office 365 e Cloud Azure) e Linux;
    4. Experiência em administração de plataformas de virtualização (VMWare e HyperV);
    5. Experiência em administração de storage partilhado;
    6. Experiência em ferramentas de Backup;
    7. Experiência na gestão de Workplace;
    8. Experiência em gestão de dispositivos móveis (Intune);
    9. Experiência em ferramentas de gestão de parque informático / ServiceDesk;
    10. Experiência em ferramentas de segurança EndPoint;
    11. Conhecimentos sobre gestão de infraestruturas Ousystems;
    12. Pensamento crítico relativamente aos temas de segurança de informação, nomeadamente no que respeita ao desenho de redes, sistemas e integrações seguras;
    13. Experiência de gestão de projetos;
    14. Forte orientação para o utilizador final.

 

FORMALIZAÇÃO DAS CANDIDATURAS

As candidaturas deverão ser formalizadas eletronicamente através de plataforma disponível no site da CMVM, contendo, em anexo, (i) uma carta de motivação (máx. 500 palavras) e (ii) curriculum vitae detalhado, em português, até às 23:59 (UTC/GMT+00:00) do dia 23 de julho de 2024.

Não serão aceites candidaturas que não contenham os referidos elementos ou que sejam submetidas após a data / hora limite.

Pode consultar aqui o regulamento do procedimento de recrutamento.

Em caso de dificuldade no preenchimento ou no envio da candidatura eletrónica deverá ser contactado o Departamento de Recursos Humanos da CMVM através do seguinte endereço de correio eletrónico: recrutamento@cmvm.pt.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *