Quanto mais estudos menos popular é o arrendamento face à compra de casa

O Jornal de Negócios divulgou a 4 de junho de 2018 uma sondagem sobre as preferências dos portugueses face à habitação. Mais concretamente, quanto à preferência entre a opção de compra ou de arrendamento da habitação. Uma das conclusões é a de que quanto mais estudos menos popular é o arrendamento face à compra de casa, outra, é que a compra de casa é mais popular do que o arrendamento, mantendo-se assim o opção histórica da população portuguesa.

Nos detalhes á sondagem não se revelam muitas surpresas quanto às razões que levam à compra e quanto às razões que motivam quem prefere o arrendamento

O facto de se ficar com a casa no final é a razão mais importante para quem compra casa seguida do menor encargo mensal pois as rendas são mais elevadas. Ao todo, comprar casa é preferido por 55% dos inquiridos.

Por outro lado, entre quem arrenda, a ausência de pagamento de impostos associados à compra, ao condomínio e às obras de manutenção atraem 42% portugueses a arrendar.

Pela sondagem não é possível apurar de que forma a relação entre compra e arrendamento terá evoluído ao longo dos anos. Suspeitamos que haja hoje mais pessoas dispostas a procurar arrendar do que a comprar casa do que há 10 ou 20 anos, mas provavelmente menos do que há um ou dois anos. Não temos, contudo, dados que o confirmem, para já.

Já do lado dos proprietários é larga a maioria dos que preferem arrendar a casa que possuem a vendê-la:  58,1% contra 25%.

Mais detalhes no Jornal de Negócios.

Sobre habitação não deixe de consultar os artigos:

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS