Nova aplicação de entrega do IRS com bugs – não se apresse

Como já indicámos no artigo “Declaração IRS 2018 já não se fará com Java“, este ano a entrega da declaração anual do IRS far-se-á exclusivamente pela internet e através de um nova aplicação que já não depende de applets java, uma tecnologia ultrapassada, insegura e que há anos gerava dores de cabeça aos contribuintes devido aos crescentes problemas de incompatibilidades com os navegadores mais populares para aceder à internet.

 

Nova aplicação de entrega do IRS com bugs

Entretanto, com o prazo legal de entrega já em curso e com pelo menos meio milhão de declarações já submetidas, vão surgindo os problemas, as indisponibilidades de serviço e a informação de que a aplicação deverá conter ainda vários bugs, tão típicos em software muito recente. Se as indisponibilidades de serviço são justificadas pela forte procura, ou seja um grande volume de contribuintes desejosos de despachar a sua obrigação declarativa (e, provavelmente, procurando assim antecipar o recebimento do reembolso de IRS a que tenham direito) e se resolvem com alguma paciência, os bugs podem ser mais preocupantes.

A relatos não confirmados oficialmente e que, por exemplo, o simulador interno à aplicação apresenta falhas que estão a deixar preocupados muitos contribuintes mas há ainda indicações de outros situações onde a aplicação parece não ter previsto todos os casos possíveis de complexidade fiscal.

Em declarações à comunicação social, a bastonária dos contabilísticas certificados recomenda aos seus associados e aos contribuintes em geral que aguardem até 15 de abril para procederem à entrega das declarações reduzindo assim a possibilidade de virem a ser afetados pelos bugs, esperando-se que, por essa altura, a grande maioria, se não a totalidade, já tenha sido identificada e ultrapassada.

Recordamos que já não seria a primeira vez em que quem entregou a declaração nos primeiros dias (ou até mesmo um pouco antes, quando o sistema o permite) sairia penalizado em termos de prazo de receção do reembolso, vendo a sua declaração “pendurada” num lote de contribuintes que teve de aguardar que fossem ultrapassados problemas de registo que ocorreram apenas nos primeiros dias.

Não sabemos se será o caso este ano, sabemos que até ao momento não há nenhuma indicação oficial nesse sentido mas fica a dica, se ainda não entregou o IRS, talvez aguardar mais uns dias não seja má ideia.

Não se esqueça que tem até 31 de maio para entregar a declaração anual dentro do prazo.

Continuaremos a acompanhar este tema durante a campanha de IRS 2018.

 

ATUALIZAÇÃO: Entretanto, numa consulta que fizemos ao Portal das Finanças verificámos que, apesar de ser possível entregar a declaração, o simulador foi desativado (ou está disponível de forma intermitente) não sendo possível simular a nota de liquidação surgindo a indicação que reproduzimos na imagem em baixo (consulta feira a 4 de abril de 2018).

IRS Simulador 2018
IRS Simulador 2018

 

Talvez lhe interesse: Entidades Autorizadas a Beneficiar da Consignação de IRS em 2018 

9 comentários sobre “Nova aplicação de entrega do IRS com bugs – não se apresse

  1. Pois sim. Mas porque não simularam as situações possíveis, antes do prazo da entrega das declarações? Esta situação, com mais complexidade ou com menos, já é recorrente. Todos os anos acontecem desgraças. O contribuinte ou o profissional (contabilista), que tem prazos assumidos, vai ter que carregar pela boca, quando poderia com alguma ordem ir fazendo a entrega das declarações. Será que o novo software foi apenas testado na véspera?

  2. ISTO É MESMO ASSIM E NUNCA MUDARÁ, EM VEZ DE APROVEITAREM O QUE TÊM E EXPLORAR NOVAS SITUAÇÕES BENÉFICAS, MAS PONTUAIS, NÃO SENHOR, VAI TUDO A BAIXO E DEPOIS OS TESTES SÃO FEITOS AQUANDO DA ENTREGA DAS DECLARAÇÕES…..AFINAL SOMOS PORTUGUESES…..PARA O ANO MAIS DO MESMO….MAS PARA O MINISTRO ESTA TUDO BEM…AFINAL SEMPRE FOI ASSIM E SERÁ…AINDA BEM QUE SOU DO BOMBARRAL…

  3. A entrega com a opção de “Declaração pré preenchida”, em geral vem em branco ao contrário do que seria de esperar! Piorou, emenda pior que o soneto…

  4. Os erros são muitos. Pre-preenchimento, em branco. A simulação não funciona. Há erros de valores. Sou contabilista desisti de entregar. Estou com receio de problemas e depois quem vai justificar os erros aos clientes. Pagam não querem saber dos problemas do portal da AT.

    Liguei para AT apoio informático, Resposta: Problemas de comunicação entre AT e PT, será que temos um novo SIRESP.

  5. Tenho feito umas 10 tentativas por dia desde o dia 2 e até agora, nada. Liguei para a AT e, subtilmente, foi-me dito para tentar em horas de menor afluxo; operador disse conhecer alguém que havia conseguido às 3 da manhã. Assim o tentei também. Ontem saí da cama e tentei submeter às 2:15. E novamente às 4. Mas, aparentemente, tb de madrugada há grande sobrecarga… Ainda bem que somos um pequenino de 10 M. Se fossemos uma Espanha ou França só terminaríamos este processo lá para o Natal.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.