11 ano de Economia e Finanças

Foi a 30 de setembro de 2006 que se escreveu o primeiro post no Economia e Finanças. O espírito do blogue continua muito semelhante e o mote inicial mantém a atualidade: “Todo o economista é um leigo, todo o leigo é economia”.

Recuar no tempo e revisitar o que se escrevia por aqui tem o seu quê de divertido mas também de penoso pois nem tudo envelheceu bem ou encaixa no modelo dos conteúdos atuais.

Fomos um dos primeiros blogues em Portugal a tratar de temas de Finanças Pessoais de forma regular, muito antes de ter passado a ser uma secção permanente em alguns dos jornais nacionais. Fizemo-lo (e fazemo-lo) quase sempre tendo por pretexto um evento que afetou o dia-a-dia de algum dos editores que por aqui têm escrito.

Ter de ir às Finanças entregar declarações fiscais; antecipar o que se vai passar no IRS, IVA, IUC, Imposto do Selo com os sucessivos orçamentos do estado; como lidar com o registo automóvel; com acidentes de viação; pedir o Cartão do Cidadão; escolher os melhores produtos e serviços recorrendo a simuladores credíveis; preparar o cenário orçamental para o ano que vem (familiar ou empresarial); acompanhar os melhores depósitos a prazo e a conjuntura económica (e de política económica e monetária) internacional, bem como as principais estatísticas económicas, financeiras e demográficas do país; acompanhar o mercado de trabalho e o ano letivo e os calendários anuais mais relevantes, ou a legislação mais relevante com impacto no cidadão comum e nas empresas; saber o que fazer como senhorio ou inquilino, todos estes tópicos e outros mais têm sido pretexto para milhares de artigos ao longo destes 11 anos.

Foi necessário adaptar, ajustar, evoluir e foi fundamental manter uma regra de ouro: conservar o prazer de escrever e partilhar. Contamos com cerca de 6500 artigos, no total, com mais de 42 mil comentários acumulados e mais de 90 mil seguidores em várias plataformas de redes sociais sendo que mais de 5 mil nos visitam diariamente, em média.

Em suma, dar testemunho e informar de forma amadora (no melhor sentido da palavra) procurando, sempre que possível interagir com os nossos leitores, continuará a mover-nos por aqui.

O facto de tantas vezes nos reconhecerem e exigirem a qualidade que é suposto encontrar num sítio informativo profissional vai-nos balizando a ambição, seja para evitarmos falar do que não dominamos, seja para garantir que a isenção e a qualidade são metas que todos podemos seguir no nosso dia-a-dia, sejamos profissionais ou amadores.

Bem hajam e vamos-nos lendo por aqui.

One thought on “11 ano de Economia e Finanças

  1. Parabéns por mais um ano de vida, continuem que estão no caminho certo!

Deixar uma resposta