Taxa de inflação mantem variação homóloga negativa

A taxa de inflação em abril de 2014 manteve uma variação homóloga negativa ainda que não tão expressiva quanto em março. Em abril os preços caíram 0,1% face a igual mês do ano anterior quando haviam caído 0,4% em março. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE) a taxa de inflação subjacente (que não inclui produtos alimentares não transformados e produtos energéticos) também teve uma variação homóloga superior face à registada em março tendo-se fixado em 0,1%.

Em termos de variação média anual a inflação manteve-se estável em 0,2%. Esta evolução parece em linha co mas projeções muito modestas para o valor final da inflação para 2014 que apontam para que esta fique próximo dos 0,4%.
Eis alguma análise adicional feita pelo INE sobre a variação homóloga:

“(…) O agregado relativo aos produtos energéticos registou uma taxa de variação homóloga de -0,5% em abril, menosnegativa que a observada em março de 2014 (-1,8%). (…)

A variação homóloga menos negativa do IPC comparativamente com a taxa observada no mês anterior deve-se emgrande parte ao aumento da contribuição da classe dos Transportes (classe 7), cuja variação homóloga passou de-3,1% em março para 0,3% em abril. Este comportamento resultou, em parte, da existência de um efeito de calendárioligado ao feriado móvel da Páscoa, que este ano ocorreu no mês de abril, enquanto em 2013 incidiu no mês de março. (…)”

Tagged under:

Deixar uma resposta