Novos créditos à habitação voltam a ter juros abaixo dos 3%

Desde janeiro de 2014 que a taxa de juro implícita nos novos créditos à habitação não se fixava abaixo dos 3%. De facto, segundo os dados mais recentes do INE sobre as Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação  relativos ao mês de novembro de 2014, a taxa de juro para os contratos celebrados nos últimos três meses foi de 2,994%, um valor que só tinha sido inferior ao longo de 2014 no mês de janeiro (2,984%). Quanto à taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação, esta situou-se, em novembro, nos 1,401% o valor mais baixo de sempre, ou pelo menos, desde que o INE produz a sua série cronológica iniciada em janeiro de 2009.

Em termos de valor da prestação, o valor de novembro de 2014 (€256) é igualmente o mais baixo desde pelo menos janeiro de 2014 beneficiando da evolução, quer da taxa de juro implícita, quer da redução de capital médio em dívida que ronda os €56 793. Sublinhe-se contudo que nos contratos celebrados nos últimos três meses o capital em dívida aumentou face ao mês de novembro do ano anterior de €76 871 para €79 958 tendo a prestação média, ainda assim, descido dos €333 para os €330.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.