Confiança de empresários e consumidores continua a aumentar – Dezembro 2013

Doze meses seguidos de recuperação de confiança depois do mínimo histórico registado em dezembro de 2012; é esta uma das principais conclusões do indicador de clima económico para Portugal divulgado há instantes pelo INE e que congrega apreciações qualitativas de empresários da indústria transformadora, comércio, construção e serviços.  Todos estes quatro sectores recuperar confiança ao longo de 2013 ainda que os patamares atingidos pelo indicador de clima económico estejam sensivelmente abaixo da média histórica (ver gráfico do INE que aqui reproduzimos). A insuficiência da procura continua a ser o factor mais relevante entre os obstáculos à atividade (este indicador é recolhido trimestralmente devendo haver novos dados a 30 de janeiro).

A estes aspetos positivos junta-se a recuperação de confiança dos consumidores que também melhorou em 2013 terminando o ano no valor mais alto desde outubro de 2010. Destaque-se que desde fevereiro de 2007 que as expectativas dos consumidores quanto ao desemprego nos próximos 12 meses não eram tão boas.

Em suma, por estes indicadores, à data de dezembro de 2013, consumidores e empresários esperam que a retoma se afirme claramente em 2014 em Portugal.

Indicador de Clima Económico - Dezembro de 2013 - Portugal

Tagged under:

Deixar uma resposta