Dedução de IVA no IRS mantem limite mas exigirá menor despesa

As faturas de serviços já abrangidas pelo benefício fiscal em sede de IRS (ver “Em 2013 se apresentar 26.740€ de faturas poderá deduzir até 250€ do IVA no seu IRS? (atual.II)“) continuarão, no máximo, durante 2013, a dar um benefício fiscal de €250, contudo, segundo anunciado, o orçamento retificativo define que em vez de ser dedutível ao IRS o correspondente a 5% do IVA de cada fatura, será dedutível o triplo, ou seja, 15%. Assim, não será necessário acumular um valor tão elevado (que era de cerca de €26.000) ao longo do ano para se conseguir maximizar o benefício fiscal.  Esse limiar deverá ficar àquem dos €9000 ou seja, cerca de €720/mês.

Note-se que esta alteração deverá ser retroativa face às faturas já apresentadas e registadas junto das finanças desde o início de 2013.

Numa fatura de €12,3 (já com IVA de 23%), o contribuinte poderá reaver, aquando do apuramento do IRS a pagar na declaração a apresentar em 2014, o valor de €0,345 até um máximo acumulado de €250 durante o ano.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.