TSU – Impulso Jovem: devolução de 90% (até 175€) para jovens desempregados contratados

[wp_ad_camp_1]

O governo veio hoje anunciar as medidas associados ao programa Impulso Jovem (veja aqui o documento em PDF: “Plano Estratégico de Iniciativas à Empregabilidade Jovem e de Apoio às PME “). Além dos programas de estágios profissionais e demais medidas de apoio à contratação com recursos a fundos comunitários, destaca-se o anúncio de uma alteração da TSU aplicável a jovens desempregados há pelo menos 4 meses (e devidamente inscritos nos centros de emprego) que venham a ser contratados.

Trata-se da medida 2.1 inscrita no documento acima referenciado, designada de “Apoio à contratação via reembolso das contribuições para a Segurança Social“.

Segundo a informação divulgada, as entidades patronais que contratem jovens (entre os 18 e os 30 anos) nas condições acima descritas irão receber a devolução, em 30 dias, de 90% do valor pago a título de TSU até um máximo de 175€/mês por posto de trabalho. A medida estará em vigor durante 18 meses. A expectativa é de que esta medida afete 19.795 jovens num valor global de €42 559 250 com apoio do Fundo Social Europeu. 

Segundo o documento, esta medida é cumulável com a medida Estímulo 2012 (através da qual, durante seis meses, poderá haver financiamento de cerca de 50% do salário (tendo por referência máxima de contribuição o valor do IAS).

Tagged under:

1 Comentário

  • Antonio Monteiro Responder

    Gostei da página

Deixar uma resposta