O que é o novo Passe NAVEGANTE? – conheça os detalhes (acrescentado II)

O que é o novo Passe NAVEGANTE?

1. O passe Navegante é:

“um passe que possibilita uma mobilidade plena em toda a cidade de Lisboa, integrando a Carris, Metro e a CP, nos circuitos urbanos de Lisboa.

Incluem-se neste passe os seguintes percursos na CP: Belém-Cais do Sodré (linha de Cascais), Benfica-Rossio e Benfica-Oriente (linha de Sintra), Oriente-Santa Apolónia (linha de Azambuja) e Alcântara Terra-Oriente (linha de cintura).

2. Quais são as modalidades e preços do Passe NAVEGANTE?
O passe Navegante está disponível nas modalidades urbano e rede

  • NAVEGANTE urbano:
  • Carris e Metro na zona urbana + CP/circuitos urbanos de Lisboa Preço = 35,00€
  • NAVEGANTE rede:
  • Carris e Metro em toda a rede + CP/circuitos urbanos de Lisboa Preço = 40,00€

3. Mantém-se os passes próprios do Metro e da Carris?

Os passes próprios Metro e Carris, incluindo as variantes 4_18 e sub_23 , deixam de estar à venda para os clientes que querem comprar estes passes pela primeira vez.

Contudo, os clientes que já tenham estes passes carregados nos seus cartões Lisboa viva poderão continuar a recarregá-los até final do corrente ano.
Os preços dos passes próprios Metro e Carris passam a:

  • Passe ML urbano30 dias normal – 29€
  • Passe ML rede 30 dias normal – 35€
  • Passe Carris urbano 30 dias normal – 29€
  • Passe Carris rede 30 dias normal – 35€

A partir do dia 1 de janeiro de 2013, acabam os passes próprios Metro e Carris, sendo substituídos pelos passes NAVEGANTE, nas modalidades referidas no ponto 2.

4. Que vantagens existem para os clientes com passes próprios Metro e Carris que pretendam aderir ao Navegante?

Os clientes que se transfiram para os passes Navegante ganham uma maior mobilidade na cidade de Lisboa. Para além disto, se já são clientes de passes próprios Metro ou Carris, beneficiam em 2012, de um desconto de 3€ sempre que carregarem o Navegante.
A primeira compra do Navegante terá de ser efetuada num posto de venda do Metro, Carris ou CP. Os preços são os seguintes:

  • NAVEGANTE urbano:
  • Carris e Metro na zona urbana + CP/circuitos urbanos de Lisboa Preço = 32,00€
  • NAVEGANTE rede:
  • Carris e Metro em toda a rede + CP/circuitos urbanos de Lisboa Preço = 37,00€

5. Existem modalidades de Navegante combinadas com outros Operadores?

Existem os seguintes passes combinados Navegante rede com a Transtejo/Soflusa:

  • Navegante/ Barreiro;
  • Navegante/ Seixal e Montijo;
  • Navegante/Cacilhas.

Estes passes estão também disponíveis nas variantes 4_18 e sub_23.
Estes novos passes substituem os atuais CA/ML/TT-Cacilhas, o L/TT-Sx e o L/SL-Barreiro.

6. Que outras alterações vão ocorrer na oferta de passes a partir de 1 de Fevereiro?

A partir de 1 de fevereiro, deixam de ser vendidos os passes com validade limitada aos dias úteis, por exemplo os passes deste tipo combinados Metro com TT.

Os passes que tenham sido carregados até esta data, poderão, todavia, continuar a ser utilizados até final do respetivo prazo de validade.
O passe ML/CP – Lisboa é eliminado, sendo substituído pelo passe Navegante.
Mantém-se os restantes passes intermodais e combinados.

7. Existem descontos para alguns passes?

Os clientes portadores de cartões de passe 4_18, Sub 23, Passe Social +, Reformados, Pensionista e Criança, beneficiam dos seguintes descontos:

A. Passe 4_18 (todos os passes Navegante, combinados e Intermodais)
Desconto de 25% – devem ser cumpridos os atuais requisitos para a obtenção desta modalidade de passe.
Desconto de 50% – apenas válido para os beneficiários do escalão “A” do Apoio Social Escolar.

B. Passe Sub 23 (todos os passes Navegante, combinados e Intermodais)
Desconto de 25% – devem ser cumpridos os atuais requisitos para a obtenção desta modalidade de passe.

C. Passe Social + (todos os passes Navegante e Intermodais)
Desconto de 25% para: Reformados e Pensionistas com reforma mensal igual ou inferior a 1,2 vezes o valor do IAS (Indexante de Apoios Sociais); beneficiários do Subsídio de Desemprego de montante mensal igual ou inferior a 1,2 vezes o valor do IAS; clientes que integrem agregados familiares cujo rendimento médio mensal equivalente seja igual ou inferior a 1,2 vezes o valor do IAS.
Desconto de 50% para os beneficiários do Rendimento Social de Inserção ou do Complemento Solidário de Idosos.

D. Reformados e Pensionistas, Sénior e Criança (todos os passes Navegante e Intermodais)
Desconto de 25% – devem ser cumpridos os atuais requisitos para a obtenção desta modalidade de passe, para áreas metropolitanas e operadores públicos.”

Fonte:  Alterações tarifárias 2012 – Metro de Lisboa.


Adenda: Acrescentamos a ligação para o Despacho-Normativo nº1/2012 Gabinetes dos Ministros de Estado e das Finanças e da Economia e do Emprego  publicado a 27 de Janeiro de 2012 (clique para aceder).

Tagged under:

9 Comentários

  • Mónica MartinsResponder

    Bom dia,
    Não sei se já se apercebeu que o passe ML/CP Lisboa que foi eliminado, tinha uma extensão maior do que o novo Navegante nos percursos da CP. Se reparar ainda na informação do site da CP, este mesmo passe podia ser usado até Moscavide e Algés. Agora com o Navegante apenas se pode usar até Belém e Moscavide. Eu já reclamei no site da CP, mas ainda aguardo resposta, não sei se têm mais alguma informação sobre este caso.
    Com os melhores cumprimentos,
    Mónica Martins

  • Pingback:Novo tarifário oficial do Metro de Lisboa – 1 FEV 2012 | Economia e Finanças

  • CarlosResponder

    O cartão do Lisboa ViVA serve para o navegante ou vão inventar novo cartão para cobrar mais uns cobres ?

  • Miguel BarrocoResponder

    Tenho dúvidas sobre os passes NAVEGANTE. Isto porque existem pessoas que vivem para além da zona de Belém, tais como: Algês, Caxias, Oeiras até Cascais, certo?
    Para essas pessoas que vivem dessas zonas terão que gastar uns tantos euros de comboio até Belém, não é verdade?
    Em relação aos passes de LISBOA VIVA , esses passes manter-se-ão para sempre ou não?
    Agradeço que caso me venham a responder, respondem para o endereço que foi colocado em cima, obrigado.

  • Filipa CorreiaResponder

    Sim gostaria também de saber como é que as pessoas que vivem em oeiras e e.t.c vão utilizar o passe navegante, visto que esse passe só se obtem resposta de servir para a carris, metro e cp de Lisboa .
    Agradeço uma resposta, obrigado

  • Pingback:Aumento nos transportes em janeiro de 2013 e extinção de passes próprios do Metro e Carris | Economia e Finanças

  • Maria Tavares de MagalhãesResponder

    Acho isto um verdadeiro ESCÂNDALO!!! É de facto, mais uma imagem de um país a SAQUE. É um “ABUSO”, de todas as formas possíveis e imaginárias. No meu caso pessoal, não utilizo os serviços de Metro, pois sofro de claustrofobia. Para além disso, não gosto e acho que em termos de tempo não é tão rápido quanto se diz, pois com tantas escadarias ou escadas rolantes, mudanças de linha e atropelos, cronometrando o tempo exato, este é muito mais longo e para isso basta fazer uma simulação, através do Google, que irá corroborar o que acabo de afirmar.
    Utilizo apenas a Carris e são poucas as carreiras onde ando, 720, 735 e pouco mais. Muitas vezes era obrigada a ir a pé, mesmo tendo o passe, devido aos atrasos ou mesmo falhas de algumas carreiras, que após 20/30m de atraso, pura e simplesmente não apareciam. É de salientar também, que os relógios instalados nas respetivas paragens nem sempre funcionam e após longas esperas, cujos horários anunciados e previstos, não aconteciam, não tendo como justificar atrasos no emprego, pois em situações dessas seria descontada mediante os atrasos sofridos, para além de reprimendas, etc, restava-me ir a pé e a correr.
    É, no mínimo, hilariante, que se pague por um serviço “deficiente”, que é pré pago e depois não nos oferece quase nada. Termos que ir a pé para o trabalho, depois de termos pago o serviço que não utilizamos, devido a atrasos e greves, é completamente ABSURDO!!! Isto no que diz respeito à Carris, cujos serviços são os únicos por mim utilizados, quando mo permitem! Nunca, mesmo NUNCA, utilizo os serviços da CP.
    Portanto, resumindo:
    – Não utilizo Metro nem CP
    – Apenas utilizo a Carris e nos termos acima mencionados
    – Tinha o passe urbano 30 dias, que não uso desde Novembro, altura em que fiquei desempregada. Se eventualmente arranjar emprego e voltar a utilizar a Carris, serei obrigada a pagar mais 6 ou 7 Euros por um serviço que está cada vez pior e acima de tudo, sou obrigada a pagar por coisas que nem sequer utilizo, como o Metro e a CP.
    Caros senhores, gostaria que alguém me explicasse como é possível uma situação destas. Se isto não é ROUBAR, então é o QUÊ?!?!?????????

  • ilidio ferreiraResponder

    gostava que me recomendem um passe para viajar cp linha de sintra e nos transportes urbanos de lisboa

  • ÂngelaResponder

    Por favor qual passe que devo comprar que dá no barco de barreiros autocarros de barreiros barcos e autocarros de Almada e Lisboa.obrigada

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.