Previsões Económicas de Outuno da Comissão Europeia – 2011

A Comissão Europeia divulgou hoje as previsões de Outuno 2011 para a economia dos estados membros da União Europeia para os próximos dois anos. Para Portugal antecipa uma queda real do produto de 3,0% em 2012 e um crescimento de 1,1% em 2013. Simultaneamente antecipa que o desemprego continue a aumentar ligeiramente atingindo os 13,7% em 2013.

As previsões apontam ainda para uma redução substancial das necessidades líquidas de financiamento da nossa economia e para um crescimento da dívida pública em linha com o momentum da queda do PIB e do défice público que deverá fixar-se nos 3,2% em 2013 (sem descontar o serviço da dívida). Prevê ainda um ligeiro aumento de uma décima por ano na poupança das famílias.

As previsões para inflação em 2011, 2012 e 2013, são de 3,5%, 3,0% e 1,5% respetivamente.

Vamos reter mais estas previsões para memória futura.

Tagged under:

1 Comentário

  • Carlos AlbuquerqueResponder

    Considerando o que vai ser 2012 e as exigências do défice para 2013, parece-me que será preciso um grande milagre para 2013 não voltar a registar um decréscimo do PIB.

Deixar uma resposta