Factores de correcção extraordinária das rendas para o ano de 2012

[wp_ad_camp_1]

Foram hoje publicados em Diário da República via Portaria n.º 295/2011 de 15 de Novembro do Ministério das finanças e da agricultura, do mar (e de mais uma série de coisas) os factores de correcção extraordinária das rendas para o ano de 2012. O estimado leitor poderá consultar a informação relevante acedendo diretamente ao diário da república por via desta ligação: Factores de correcção extraordinária das rendas para o ano de 2012. Nessa ligação encontrará várias tabelas, nomeadamente:

  • Tabela a que se refere o artigo 11.º da Lei n.º 46/85, de 20 de Setembro, actualizada nos termos do n.º 1 do artigo 12.º do mesmo diploma legal pela aplicação do coeficiente 1,0319 e,
  •  Os factores acumulados resultantes da correcção extraordinária nos 27 primeiros anos (1986 a 2012).

Entretanto, recordamos aos nossos leitores dois artigos sobre este tema que podem revelar-se úteis, a saber:

Tagged under:

13 Comentários

  • jokkasResponder

    realmente com estes aumentos de rendas ve se o porque de as casas estarem velhas e a cair de podre, depois querem que os proprietarios façam obras nas casas como e possivel com estes aumentos, fazer obras pagar imi pagar saneamentos digam me como e possivel aos proprietarios conseguirem pagar tudo. penso que a um desfazamento entre rendas antigas e hatuais, deixo aqui um exemplo, eu tenho inqulinos que começaram a pagar 5 euros em 1969 hoje pagam 30 euros com todos os encargos que tenho com o imovel digam me como e possivel fazer algum tipo de obra so se tirar de minha casa o dinheiro para pagar obras para eles viverem bem e a minha custa.
    pois todo o tipo de ajuda da camera que a lei permite para aumentar rendas esta de tal maneira dificultado cheio de processos complicados e com enormes custas para quem pede, estas leis estao completamente fora da necessidade de todos, pois temos inquilinos que podiam pagar mais e senhorios que podessem fazer obras nos seus imoveis, assim conforme esta nao e possivel, aumentei em 40 anos 25 euros estes imoveis digam me se assim podemos ir para a frente.

  • MANUELResponder

    tambem en tempo de crsise baijar o ordonado pela metADE DO ORDENADO COMO AS RENDA

  • antonio alvesResponder

    Olá! será que me podem informar sobre a aplicação dos coeficientes das tabelas?
    Tenho uma casa alugada desde 1970 cuja localização é em Matosinhos, deve utilizar o factor constante da tabela III na coluna “restantes municipios”, certo?
    então o factor será de 9,91 ou seja se a renda é de 50€ passará a ser de 495,50€ ?
    é um aumento brutal.
    Agradecia se alguém puder informar se estou correcto ou local onde possa obter essa informação pois não pretendo lesar os inquilinos.

    Obrigado.

  • Alexandre PinheiroResponder

    Olá, eu gostaria de saber qual a tabela a aplicar, ou seja o que é que varia para se poder aplicar a tabela I, II ou III

    Obrigado

    xanux

  • martiniano luis mendes SilvaResponder

    Tenho um apartamento que alugo desde Agosto 2009 renda 330.00€ ainda não aumentei peço iformação qual a tabela a usar para 2012.

  • candida Maria Pinto Sobral MartinsResponder

    Tenho uma casa alugada cujo contrato é de 1967. Precisava que alguem me ajudasse a aplicar o factor de correcção. Afinal para 2012 nop meu caso é de 1,0319 ou 11,04? Actualmente a renda é de 38,00.
    Obrigada

  • ernando TeixeiraResponder

    Tenho uma casa de habitação alugada, no Concelho de Oeiras,cujo contrato é de 1974. Precisava que alguem me ajudasse a aplicar o factor de correcção e me expliquem as correções adicionais.Afinal para 2012 no meu caso é de 1,0319 ou outra correção a aplicar? Actualmente a renda é de 83,00.
    Obrigada

  • simão oliveiraResponder

    tenho casas arrendadas no porto desde 1960 qual o factor de aumento da renda sera, 1,0319 + 17,65 ou este segundo valor será euros de aumento permitido
    obrigado
    aguem que saiba explicar

  • antonio abreuResponder

    Tenho uma casa de habitação alugada, no Concelho da Figueira da Foz ,cujo contrato é de 1973. Precisava que alguem me ajudasse a aplicar o factor de correcção e me expliquem as correções adicionais. Actualmente a renda é de €15,60.
    Obrigada

  • Isabel CabralResponder

    Com rendas de 35 e 50 euros, eu também quero! Quem tem para me alugar uma casa a esse preço? Preciso com urgencia.

  • Celio António Capela MartinsResponder

    Gostava que me informassem logo que possível, da tabela dos fatores de correção a aplicar a uma renda habitacional para o próximo ano de 2013, bem assim do diploma/outro oficial que o autoriza.

    • MapariResponder

      Terá de esperar pela divulgação da inflação de agosto por parte do INE. Lá para dia 10 de setembro mais coisa menos coisa. Na altura divulgaremos aqui a informação. Para já só há previsões (a rondar os 3,3%) não há ainda número oficial.

  • Madalena rodriguesResponder

    Tenho uma casa de habitação alugada, no Concelho de Oeiras,cujo contrato é anterior a 1966. Precisava que alguem me ajudasse a aplicar o factor de correcção e me expliquem as correções adicionais.Afinal para 2012 no meu caso é de 1,0319 ou outra correção a aplicar? Actualmente a renda é de 34,00.
    Obrigada

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.