Astrolábios avariados no mundo das finanças

A Euribor não pára de subir, particularmente para os prazos mais curtos; a taxa de inflação na Europa ameaça descolar claramente dos 2% – a meta sagrada do BCE; o BCE ameaça subir as taxas de juro de referência para controlar a inflação; a Reserva Federal Americana voltou a descer as taxas de juro de referência; os mercados acharam a descida insuficiente para controlar a persistente crise financeira provocada pela desregulação associada à concessão de crédito nos Estados Unidos.

São tempos incertos para a finança internacional, e extremamente complicados para os Bancos Centrais, coisa de exploradores com astrolábios avariados.

O Economia & Finanças vai espreitar mais de perto e regressa no final da semana.

4 comentários sobre “Astrolábios avariados no mundo das finanças

  1. saber tudo de finanças em meu email……tudo do programa!!!!!!!!!!!!!!obrigado.

  2. eu sou da 1ª faze, nada, entreguei, a 12/03/09, e ainda se mantem, como declaraçao certa.
    bem, com essas promessas do nosso governo. a penas tenho a dizer………
    POR NORMA EXISTE PUBLICIDADE ENGANOSA.

    MAS MAIS ENGANOSA SO MESMO O NOSSO GOVERNO,

    A FINAL PARA KÉ VOTAR, SE ELES PROMETEM, E NAO CUMPRAM, COM AS SUAS PROMESSAS????
    VALIA MAIS NAO TEREM, DITO NADA,

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.