La Caixa, BPI, BCP, PT, Sonae, Anacom, Autoridade da Concorrência, Governo…

Os personagens do título enchem as secções de economia há meses a fio sob o pretexto de OPAs. Um dia virá o anti-climax, esperemos que a tempo de nova série de privatizações, a bem da venda de jornais e, quem sabe, da bolsa de valores. Para já, se observarmos apenas a imprensa, o cenário de existir economia fora deste contexto aproxima-se do irreal.

Pela minha parte, como não se tem lido por aqui, não há muita paciência para comentar cada detalhe. Aos que ainda sobra alguma, recomendo atenção para mais um episódio: OPA ao BPI: Banco de Portugal vai fazer conferência de imprensa sobre decisão de supervisão. Adivinham-se explicações a propósito de acusações de lesa pátria que se ouvem por aí. Em suma, a novela continua, digna dos melhores exemplos (televisivos) latino americanos.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS