Tentando defender Manuel Pinho

Iniciei o dia a ouvir estas declarações de Manuel Pinho: “Manuel Pinho fala nos baixos salários portugueses como razão para investimento chinês em Portugal”, na TSF. Ainda meio estremunhado atribui-as àquele misto de realidade e sonho com que passo os primeiros minutos da manhã. Confirmando a notícia, havendo já as primeiras reacções e tendo já desabafado com sarcasmo o primeiro comentário que esta notícia me provocou, tento agora defender o senhor.

Ora a China sabe bem a relevância de se ter mão-de-obra barata logo… Manuel Pinho terá pensado que…  Apesar da China ter o maior contingente do mundo de mão-de-obra barata este não é facilmente… Desisto. Não encontro ponta por onde se lhe pegue. Alguém pode dar uma ajudinha?

Tagged under:

2 Comentários

  • TundraResponder

    Amado disse que seria ofensivo falar respeito pelos Direitos Humanos porque se estava ali para negócios, e porque alguns parceiros europeus ignoram também eles essa questão.

    Pinho disse que somos um país ainda mais miserável que o miserável chinês, ressalvando ainda que estamos abaixo dos novos países que aderiram à UE.

    Ou seja, o modelo de desenvolvimento, apesar da propaganda e do powerpoint não mudou: apenas e só baixos salários!

    Daí o desprezo por tudo que envolva Conhecimento e hordas de Licenciados, Mestrandos e Douturados no desemprego.

    Isto é Portugal, liderado por gente canalha. Baixos salários num Mundo baseado no Conhecimento nunca foi vantagem competitiva.

  • Pingback:Podia ter sido pior… - Economia & Finanças - Todo o economista é um leigo e todo o leigo é economia

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS