Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

INE revê em alta crescimento do PIB para 2004

Com a publicação da conta definitiva de 2004, o INE prossegue o esforço de recuperar o tempo perdido em termos de divulgação de contas nacionais anuais. Recordo que foi há bem menos de um ano que se divulgou a conta definitiva de 2003 e sublinho ainda que a prática internacional é as contas nacionais andarem dois anos desfasadas face ao momento presente. Está quase…

Mas vamos ao que interessa:

"No ano de 2004 a economia portuguesa retomou o crescimento económico, com uma variação real do PIB de 1,5%, mais 0,2 pontos percentuais que a anterior previsão, e depois da contracção de 0,8% verificada no ano precedente. O dinamismo da procura interna, que cresceu 2,5%, foi contrabalançado pelo contributo negativo da procura externa, com a forte aceleração das importações de bens e serviços (+6,7%).O aumento da produtividade do trabalho em 1,8%, o valor mais elevado da presente série de Contas Nacionais, foi acompanhado por um crescimento da remuneração per capita de 2,7%.O Rendimento Primário da economia registou uma variação nominal de 3,8%, 0,5 p.p. superior à de 2003. A taxa de poupança das Famílias registou uma quebra face a 2003 (-1,2 p.p.). O Saldo Externo Corrente situou-se em -7,8% do PIB (-6,2% em 2003). A Necessidade Líquida de Financiamento foi de 6,1% do PIB (3,9% em 2003). "

Mais detalhes aqui (analise) e aqui (dados numéricos).

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.