Ainda não foi desta que os índices de confiança de empresários e consumidores surgiram totalmente alinhados para cima no mesmo mês. Desta vez, apesar de o Índice de Confiança nos Consumidores ter interrompido a tendência descendente que vinha já desde Novembro, foi o Comércio a Retalho a derrapar. Ainda assim, a principal nota vai para o sentido global: o clima económico medido pela confiança continua a melhorar.

Mais detalhes analíticos e numéricos podem ser encontrados na página dedicada ao efeito pelo INE (e respectivas ligações associadas). 

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.