Comércio Internacional continua a recuperar o tempo perdido

Finalmente os ritmos de crescimento das exportações aproximam-se de valores mais consentâneos com a dinamismo dos nossos principais parceiros comerciais internacionais. Esperemos que quando entrarmos numa fase de menor dinamismo exógeno haja momentum nas nossas vendas que permita recuperar o tempo perdido entre o arranque dos nossos vizinhos (ocorrido há largos meses) e o nosso que a este ritmo é ainda recente. 

"De Janeiro a Março de 2007, continua a registar-se uma aceleração mais intensa nas saídas do que nasentradas com variações homólogas de 10,7% e de 1,3% respectivamente.

No período em análise, a variação do défice da balança comercial foi de -15,4%. A taxa de cobertura foi de 70,0%, correspondendo a uma melhoria de 6p.p. face ao mesmo período do ano anterior. (…)"

Mais detalhes no sítio do costume. 

Nota: às 15 horas será divulgada a estimativa a 70 dias do PIB relativa ao 1º Trimestre do corrente ano. 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.