Balança de Bens e Serviços registou excedente de €366 milhões

Segundo as estatísticas da balança de pagamentos relativas a maio de 2017 divulgadas pelos Banco de Portugal, a balança de bens e serviços registou um excedente de €366 milhões nos primeiros cinco meses do ano.

Esta valor é inferior em €531 milhões ao saldo positivo apurado no mesmo período do ano de 2016 e insuficiente para contrabalançar completamente a evolução da balança de bens e de rendimento primário que contribuíram decisivamente para  que o conjunto das balanças corrente e de capital apresentassem um défice de €447 milhões de euros, nos primeiros cinco meses do ano, ou seja, superior em €110 milhões ao défice homólogo.

 

Balança de Bens e Serviços registou excedente de €366 milhões
Balança de Bens e Serviços registou excedente de €366 milhões
Fonte: Banco de Portugal

Apesar da aceleração do ritmo de crescimento das exportações, tanto de bens quanto de serviços (+13,4%) a verdade é que as importações aumentaram 15,7% (16,3% nos bens e 13,2% nos serviços) o que levou a uma degradação do saldo da balança de bens e serviços que, ainda assim, manteve o já referido saldo positivo.

O Banco de Portugal (BdP) avança mais alguns detalhes, nomeadamente sobre a balança de serviços, destacando que “o excedente da rubrica “Viagens e turismo” aumentou 607 milhões de euros, fixando-se em 3070 milhões de euros“.

Quanto à balança de rendimento primário apurou-se um agravamento do défice em €186 milhões, atingindo os €2299 milhões. Segundo o BdP, os dividendos pagos ao exterior em maio de 2017 foram particularmente penalizadores, contribuindo para este agravamento. Esta balança, recorde-se, apura o saldo entre os rendimentos do trabalho e de capital de investimento feito por não residentes em Portugal e por residentes em Portugal no estrangeiro.

O excedente da balança de rendimento secundário (que regista transferências correntes, em dinheiro
ou em géneros, entre residentes e não residentes) aumentou €409 milhões. A justificação para este incremento prende-se com variação das transferências correntes recebidas e da diminuição da contribuição financeira paga à
União Europeia.

Pode consultar mais informação sobre a Balança de Pagamentos no BdP.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.