Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021

Apresentamos-lhe a segunda edição das Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável desta vez designada de Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021.

A primeira edição foi a de Obrigações do Tesouro OTRV Maio 2021 e contou com uma emissão inicial de €350 milhões que veio a ser aumentada em virtude da forte procura para um total de €750 milhões. Recorde-se que, mesmo assim, ainda houve rateio devido ao excesso de oferta sendo que o método de rateio utilizado teve particular atenção aà garantia de um investimento mínimo para todos os interessados, uma modalidade que aliás se repete nesta nova emissão.

 

Detalhes das Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021:

Esta segunda emissão é lançada com uma taxa de juro mínima antes de custos de 2,05% (TANB) à qual acresce o valor da Euribor a seis meses se esta for positiva, para uma emissão inicial de €500 milhões. Comparando com a emissão de Maio 2012 verifica-se que a remuneração é ligeiramente inferior (menos 0,15 pontos percentuais) e que a emissão inicial é superior (mais €150 milhões) ainda que inferior aos €750 milhões que vieram de facto a ser emitido após um aumento da disponibilidade de emissão de dívida pelo Estado.

Antecipa-se que, caso a procura seja elevada, o Estado (via IGCP) venha a aumentar novamente a emissão permitindo assim que rateio mais condigno e menos penalizador dos subscritores por permitir diluir mais facilmente os custos associados à condição de investidor.

Quanto ao possível aumento do valor emitido o IGCP divulga no seu sítio o seguinte:

 

(…)  valor nominal global inicial de até €500.000.000,00 o qual poderá ser aumentado, por opção do emitente, até ao dia 2 de agosto  de 2016, inclusive, sendo que em caso de exercício desta opção será divulgada uma comunicação para o efeito até à referida data, inclusive no sítio do  IGCP, E.P.E. na Internet.

Depois de o emissor ter (eventualmente alterado o valor a emitir) os subscritores terão até às 15 horas do dia 4 de agosto para alterarem ou revogarem as ordens de subscrição que já tenham emitido. Dia 10 de agosto saber-se-ão os resultados da emissão, mas para se lá chegar é preciso ter em conta que a subscrição pública poderá fazer-se entre os dias 20 de julho e 9 de agosto e, tal como na primeira emissão, exige-se um investimento mínimo por subscritor de €1.000 (1 OTRV). No máximo o investimento poderá ser de  €1.000.000 (1.000 OTRV), por subscritor.

Os juros serão semestrais e pagos a 12 de fevereiro e 12 de agosto de cada ano. O  reembolso do capital emprestado efetuar-se-á a 12 de agosto de 2021.

 

Que bancos vão colocar as Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021:

Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021
Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021

Eis a lista de bancos colocadores:

  • Banco Activobank, S.A.,
  • Banco BPI, S.A.,
  • Banco Comercial Português, S.A.,
  • Banco de Investimento Global, S.A.,
  • Banco Português de Investimento, S.A.,
  • BEST – Banco Electrónico de Serviço Total, S.A.,
  • Caixa – Banco de Investimento, S.A.,
  • Caixa Central – Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo, CRL,
  • Caixa Económica Montepio Geral,
  • Caixa Geral de Depósitos, S.A.,
  • Novo Banco, S.A. e o Novo Banco dos Açores, S.A

O BPI, BCP, Caixa BI e Novo Banco assumem-se ainda como responsáveis pela organização e corrdenação global da colocação da emissão desta segunda emissão das OTRV.

 

As Obrigações do Tesouro OTRV Maio 2021 podem ser negociadas?

Sim. Será possível procurar negociar as Obrigações do Tesouro OTRV Maio 2021 desde o momento da sua emissão até à sua maturidade. A Euronext será o mercado de referência. Nesse processo poderá conseguir ofertas que permitam obter mais ou menos valias sobre o investimento inicial. As obrigações não têm capital garantido, exceto se conservadas até à maturidade.

No Memorando de informação pode ler-se:

 

“(…) Os titulares de OTRV não têm uma opção de venda das mesmas ao Emitente. As OTRV poderão ser transacionadas no mercado regulamentado Euronext Lisbon, caso a sua admissão à negociação nesse mercado venha a ser aprovada, ou fora dele. A negociação de OTRV antes da sua data de reembolso fica sujeita às condições de mercado então prevalecentes, nomeadamente de liquidez e preço, podendo este ser inferior ou superior ao valor nominal unitário das OTRV e/ou ao valor anteriormente pago pelo investidor. (…)”

 

Onde encontro informação mais detalhada:

Pode encontrar toda a informação relevante sobre este produto nas ligações que apresentamos mais adiante. Deixamos contudo a nota de que cada banco que procederá à colocação das OTRV poderá cobrar taxas diferentes pelo que a remuneração final poderá diferir consoante as condições do tarifário associados à compra, registo e depósitos, guarda de títulos, etc.

Para garantir que estes custos se diluem face à taxa de juro paga pelo devedor, recomenda-se que o investimento não se faça pelo valor mínimo permitido pois, nesse caso, até poderá incorrer em perde da capital. E claro, recomenda-se que faça uma simulação para a taxa de rentabilidade líquida real do investimento. Destaca-se que caso a procura exceda a oferta haverá u mrateio que começará por tentar garantir a todos os subscritores uma colocação de pelo menos €20.000 ou do valor pedido para subscrição caso tenha sido inferior a esse limiar. Só depois de garantida esta colocação mínima se passará para outro critérios de atribuição de títulos OTRV aos investidores. Caso a emissão não seja suficiente para garantir sequer que cada investidor receba os €20.000 (ou um valor menor a este caso o seu pedido tenha sido inferior) haverá um conjunto de regras de distribuição de títulos descrito no Memorando de Informação (ver a ligação mais em baixo).

Em termos comparativos e admitindo um investimento de pelo menos €10.000 será difícil encontrar no mercado português, para idêntico nível de risco um produto competitivo, mas vale a pena confrontar as preferências do investidor com os dados que temos na nossa base de dados com as melhores taxas de juro de depósitos a prazo e de certificados de aforro e do tesouro.

Note ainda que tal como sucede com todos os juros, também este caso há lugar a retenção na fonte à taxa liberatória de 28% (considerando a situação de um residente particular). Note-se que para empresas e não residentes a fiscalidade aplicável é diferente pelo que se justifica verificar os detalhes presentes nas ligações que se seguem.

Para mais informação sobre as Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021 veja:

Numa informação mais técnica para quem consulte terminais financeiros refere-se que as OTRV têm o código ISIN PTOTVHOE0007 e o código CFI DBVTFB.

 

 Mais informação:

Pode encontrar aqui outra informação ou dados mais recentes sobre as Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável.

2 comentários sobre “Obrigações do Tesouro OTRV Agosto 2021

  1. referem que a será somada a euribor a 6 meses SE POSITIVA… é mesmo? caso a euribor 6 meses seja negativa nao teremos =2% + -0.3…ou seja a taxa ser reduzida por uma taxa euribor negativa?

  2. O valor mínimo da TANB é sempre 2,05% logo se a euribor for negativa será irrelevante pois o valor global nunca descerá dos 2,05% TANB.

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.