Conselho de Finanças Públicas está recrutar

O Conselho de Finanças Públicas está recrutar técnicos (economia/gestão ou outra especialização) com experiência em projeções económicas. A vaga está em aberto até 4 de julho de 2014 e pode ser manifestado interesse através de candidatura online feita via sítio do Conselho de Finanças Públicas.

Eis o que diz o aviso de recrutamento especificamente sobre a posição em aberto:

 

“(…) O recrutamento em causa visa reforçar a capacidade do CFP na área de projeções económicas, em articulação com previsões orçamentais, e estudos de impacto económico de medidas de política do lado das receitas e do lado das despesas públicas.
O que o CFP procura em todos os candidatos:

  • Formação universitária em economia ou gestão, com aproveitamento na parte escolar num mínimo de oito semestres letivos, sendo fatores de preferência, por ordem ascendente, diplomas de pós-graduação, mestrado e doutoramento nas áreas referidas;
  • Poderá ser aceite formação do ensino superior noutra área relevante desde que o candidato preencha as condições indicadas no perfil de recrutamento abaixo apresentado;
  • Os candidatos que não detenham uma experiência profissional relevante de, pelo menos, três anos deverão ter uma classificação final média igual ou superior a B na escala ECTS ou a 14 valores na escala de 0 a 20, tanto no primeiro como no segundo ciclo de estudos do ensino superior;
  • Boa comunicação escrita nas línguas portuguesa e inglesa, incluindo capacidade de redação clara e concisa de versões de trabalho, e ainda capacidade de apresentação oral nas línguas portuguesa e inglesa;
  • Excelentes capacidades de análise quantitativa e qualitativa e de sustentação de conclusões com base em evidência empírica;
  • Capacidade para trabalhar, tanto individualmente como em equipa, com grande sentido de responsabilidade e capacidade de gestão das tarefas confiadas, mesmo sob pressão para cumprir prazos.

Condição necessária para a cedência de interesse público:
Detenção de uma relação jurídica de emprego público, em regime de nomeação ou de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado.

Perfil de recrutamento:
Interesse e aptidão em projeções económicas.

O interessado deverá obrigatoriamente possuir conhecimentos aprofundados de modelização económica, incluindo modelos econométricos de previsão.

São condições preferenciais a experiência em temas de finanças públicas ou prática profissional superior a três anos noutras áreas relevantes para este perfil. (…)”

Tagged under:

1 Comment

Deixar uma resposta