CMVM está a recrutar juristas com experiência

CMVM

A CMVM está a recrutar juristas com experiência. A elevada rotação de pessoal no regulador do mercado de valores mobiliários continua a patrocinar sucessivos processos de recrutamento. Desta vez a CMVM pretende recrutar juristas com experiência (até 9 de abril).

Recordamos também que está ainda em aberto uma vaga para economista (até 2 de abril) ver “CMVM precisa de economista para área Internacional e de Política Regulatória“.

Eis o anúncio de que a CMVM está a recrutar juristas com experiência que encontrámos no sítio da CMVM:

Técnicos Juristas (m/f)

(Ref. CMVM/2014/022)

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários pretende admitir licenciado(a)/mestre em Direito.

PRINCIPAIS ÁREAS DE TRABALHO

Direito dos Valores Mobiliários, Direito das Contraordenações, Direito e Processo Penal, Direito e Contencioso Administrativo.
PRINCIPAIS TAREFAS
Processos de Contraordenação, contencioso administrativo, apoio e estudos jurídicos. 
PERFIL DO CANDIDATO
Condições essenciais

  • Licenciatura (pré-Bolonha) ou mestrado em Direito;
  • Experiência profissional mínima de 4 anos;
  • Inscrição na Ordem de Advogados com, pelo menos, 2 anos;
  • Capacidade de integração em equipa multidisciplinar;
  • Capacidade de organização e planeamento do trabalho;
  • Capacidade de comunicação e argumentação;
  • Elevado sentido de responsabilidade, autonomia e iniciativa;
  • Capacidade para trabalhar sob pressão.

Condições preferenciais

  • Nota de licenciatura e/ou mestrado igual ou superior a 15 valores sobre 20 ou nota proporcionalmente equivalente
  • Prática forense;
  • Experiência de Direito dos Valores Mobiliários e de Contencioso Administrativo e/ou de Contraordenações;
  • Domínio das línguas portuguesa e inglesa (a nível oral e escrito);
  • Domínio do MS Office na ótica do utilizador.

As candidaturas deverão ser formalizadas através do preenchimento da ficha de candidatura eletrónica disponível no site da CMVM, contendo em anexo carta de apresentação e curriculum vitae detalhado, até 9 de abril de 2014.”

Tagged under:

1 Comentário

Deixar uma resposta