Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Propostas de poupança para quase todas as bolsas, prazos e melhores taxas de juro

Por propostas de poupança restringimo-nos à definição estrita: produtos de menor risco como depósitos a prazo e propostas de aforro em dívida pública (certificados de aforro e certificados do tesouro poupança mais). Neste artigo propomos várias peças editados recentemente no “Economia e Finanças” e no nosso parceiro “Melhores Depósitos a Prazo”, tendo por base informação recolhida já no decurso do corrente mês de novembro de 2013.

“Não tenho muito dinheiro para poupar. Quais as melhores propostas para quem tem até €500 ou menos?”

Espreite o artigo Os melhores depósitos a prazo para quem tem até €500 ou menos” vai descobrir muitos depósitos a prazo por onde escolher (mais de 130) onde com €500 ou menos poderá constituir uma poupança, em muitos casos com taxas acima da inflação. Se admitir não poder mexer no dinheiro durante pelo menos 3 meses, a esta oferta de depósitos deve juntar a opção “Certificados de Aforro” que pagam uma boa taxa e exigem um mínimo de €100 para poderem ser subscritos.

“Quero fazer uma poupança mas quero ter o dinheiro sempre disponível caso seja preciso. Onde posso aplicar a poupança?”

Nesse caso o melhor mesmo é espreitar o ficheiro excel com toda a oferta de depósitos a prazo. A maioria não exige período de imobilização. Note que os certificados implicam uma imobilização de 3 meses (certificados de aforro) ou de 12 meses (certificados do tesouro poupança mais). Veja ainda: “Melhores depósitos a prazo em novembro 2013 – o que fazer ao subsídio de natal?”

Durante alguns meses não vou mesmo precisar do dinheiro, em que posso poupar?

Além de recomendarmos a leitura dos artigos citado na resposta anterior, neste caso os certificados de aforro entram na competição pois ao fim de 3 meses podem ser levantados e estão a oferecer uma TANB competitiva a rondar os 3,191%. Leia ainda: Quais são os depósitos que superam os certificados de aforro?

Não mexer no dinheiro durante um ano ou mais não é problema. Quais as melhores ofertas?

Se admite não mexer no dinheiro pelo menos durante 12 meses e, preferencialmente durante 5 anos, então além dos vários depósitos a prazo de médio prazo (com alguns a pagar juros anualmente e não apenas no final do prazo), terá de considerar os certificados do tesouro poupança mais que acabam por oferecer das melhores taxas de mercado. Ver:

O juro pago nos certificados do tesouro está desalinhado com o mercado?

Certificados de aforro só batem novos certificados do tesouro em prazos curtos”

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.