PIB caiu 3,8% entre o 4º trimestre de 2011 e de 2012

O PIB português registou a maior queda trimestral homóloga do ano de 2012 no último trimestre do ano: -3,8%. É este o resultado apurado na estimativa rápida do INE hoje divulgada. Com a presente estimativa completam-se as variações trimestrais de 2012 e apura-se a variação anual do PIB.

Segundo o INE:

“(…) O contributo positivo da procura externa líquida diminuiu significativamente no 4º trimestre, verificando-se uma diminuição menos acentuada das Importações de Bens e Serviços e uma redução das Exportações de Bens e Serviços.
Em sentido oposto, a procura interna apresentou um contributo menos negativo para a variação homóloga do PIB, traduzindo sobretudo a redução menos expressiva do Investimento. (…)”

Recordamos que a queda do PIB não parou de acelerar ao longo do ano:

  • 1º trimestre: -2,3%
  • 2º trimestre: -3,1%
  • 3º trimestre: -3.5%
  • 4º trimestre: -3,8%

No conjunto do ano o PIB português terá caido 3,2% (dados encadeados em volume).

Em outubro de 2011, no relatório do Orçamento do Estado para 2012, a previsão do governo relativa ao PIB havia sido de -2,8%, um valor significativamente mais otimista do que o agora registado oficialmente. Eis o gráfico das variações homólogas trimestrais elaborado pelo INE:

PIB 2012 por trimestres -INE
 
A previsão do governo para a evolução do PIB em 2013 aponta para uma queda de 0,9% sendo a última previsão do Banco de Portugal de -1,9%.

Tagged under:

Deixar uma resposta