Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Menos dormidas de residentes, muito mais de não residentes (setembro 2013)

O número de dormidas de não residentes voltou a aumentar em setembro a um ritmo assinalável: +7,7% face a igual mês do ano anterior. O ritmo de incremento dos proveitos não foi tão elevado contudo foi significativamente positivo: +4,3% para os proveitos totais e +3,5% para os proveitos com aposentos.

No acumulado entre janeiro e setembro temos as dormidas de não residentes a subir 7,9% e as de residentes a cair 1,8%. A estadia média também aumentou face a igual período de ano anterior (+1,4%) fixando-se nas 3 noites.

Quanto ao acumulado dos proveitos, estes aumentaram 4,9% ate´setembro e 6,0% para os proveitos provenientes especificamente de aposentos.

Finalmente, a taxa de ocupação média atingiu os 44,3% entre janeiro e setembro (+1,5 pontos percentuais que em igual período de 2012) o REVPAR – rendimento médio por quarto disponível fixou-se nos €32,7 o que representa um aumento de 5,1% face aos primeiros nove meses de 2012.

Em termos regionais o INE destaca que:

“(…) As Regiões Autónomas registaram acréscimos significativos no total de dormidas face ao mês homólogo de 2012 (+17,4% nos Açores e +9,9% na Madeira). No Continente, observaram-se resultados positivos em Lisboa (+6,5%), Norte (+5,3%) e Algarve (+3,7%), enquanto no Centro e Alentejo o número de dormidas diminuiu. (…)”

Mais detalhes no INE e em nossos artigos posteriores.

Tagged under:

1 Comentar...

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.