Queda do PIB mantêm-se há 11 trimestres mas continua a abrandar (dados homólogos)

Segundo a estimativa rápida do INE relativa ao PIB para o 3º trimestre de 2013, a produção nacional continua a cair face a igual período do ano anterior ainda que a um ritmo mais lento do que vinha acontecendo nos trimestres anteriores. Na realidade, o PIB caiu 1% face ao 3º trimestre de 2012 quando tinha caído 2% na comparação entre os últimos segundos trimestres. O PIB está cair sistematicamente face a igual período do ano anterior há 11 trimestres (ver gráfico do INE aqui reproduzido).

INE 3T2013 - PIB

Já quanto à variação em cadeia, ou seja, aquela que compara o dois últimos trimestres de 2013 verificou-se um ligeiro aumento do PIB na ordem de duas décimas, uma melhoria também ela significativamente mais ténue do que a registada entre o 1º e o 2º trimestre de 2013 quanto o PIB havia crescido 1,1%. Ainda assim este incremento de 0,2% agora apurado é o segundo consecutivo, um facto que não sucedia desde o 1º semestre de 2010.

O INE, no pouco detalhe que apresenta habitualmente na estimativa rápida indica que:

“(…) A procura interna apresentou um contributo menos negativo para a variação homóloga do PIB, devido sobretudo à diminuição menos acentuada das Despesas de Consumo Final das Famílias Residentes. Em sentido oposto, o contributo da procura externa líquida diminuiu, refletindo principalmente a aceleração das Importações de Bens e Serviços. (…)”

 

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.

NOS